Tá procurando o quê?

Ser pai e mãe envolve também questões incômodas

No mundo, se há seres desprezíveis, esses são, claro, os de coração ruim.
Mas piores ainda são os pervertidos, que parecem que nem coração tem.
Esses se escondem atrás de uma profissão ou de posses que lhes abrem portas.
Aproximam-se de meninas e meninos e exercem uma atitude quase perfeita diante de outros olhos; 
mas são cobras, são farsantes.
Ensinemos nossas crianças que há seres assim no mundo, que não é normal um estranho 
te colocar no colo, te fazer carinho. E que qualquer ato assim deve ser imediatamente contado.

Nunca aconteceu comigo, nem com meus filhos, mas não podemos dar bobeira. Sofro pelos pais que se sentem culpados de 'nunca terem percebido nada'.
Sejamos todos atentos. Nossas crianças devem ter alegria genuína, sinceridade no olhar. Observar um filho é um ato de amor. Amar suas qualidades e seus defeitos nos fazem conhecê-los e dar a eles a confiança de que precisam para nos procurarem em momentos de desconforto e nos pedir ajuda. Comemore se seu filho te pede ajuda, mesmo que seja apenas para apontar um lápis. Transmitir-lhes confiança e carinho é proteger, mesmo a distância.

Pervertidos escolhem bem os futuros que querem destruir. Nós pais temos o dever de conversar com nossos filhos sobre tudo. Tudo que é bom e divertido, mas também sobre o que há de pior no mundo; das cáries nos dentes aos desprezíveis seres que usam crianças para aumentar sua autoestima hipócrita, pois precisamos prepará-los e ajudá-los a se defenderem, a sentirem que tem valor e não aceitarem coisas com as quais não concorda. Acho a educação do 'não', que poda em demasia um filho, que o torna certinho aos olhos de todos, é prejudicial. Precisamos deixar nossos filhos argumentarem, terem opinião própria, dando valor a elas, mesmo quando precisamos explicar-lhes que estão errados.

Deixamos nossos filhos na escola, na natação, no inglês, no balé, no judô. Conhecemos todos que ali circulam? Confiamos por conforto? Precisamos ser mais questionadores - somos pais! Estar presentes, confiar em nossos filhos em primeiro lugar, mas sem deixar de entender o contexto, conhecer os perigos, entender a alegria que nossos filhos aparentam depois da aula, mas principalmente entender a tristeza, a insatisfação, a quietude, os jeitos negativos com que eles ficam impregnados quando algo realmente não está agradando. Todos esses são momentos de pesquisar, de cavar fundo e dar apoio ao seu filho que obviamente está precisando de ajuda, de conforto e de alguém com quem possa confiar para se abrir.

Ser pai e ser mãe implica em ser ativo em todas as coisas que envolvem nossos filhos. Não sejamos tolos, sejamos companheiros, preocupados com o futuro dos nossos bebês que crescem e se tornam adultos de coração que, queremos, profundamente, seja sempre bom. Corações bem cuidados na infância crescem inteiros, sem rasgos, sem traumas, sem o peso da maldade que existe por aí, pois foi profundamente protegido dela pelos pais, sem medos, apenas com verdade e confiança.


Read more...

Como usar rolhas de vinho para dar um charme a mais às suas espátulas de servir entradinhas


Oi, gente! Trouxe um DIY (do it yourself - faça você mesmo!) em vídeo e fotos de como dar um diferencial às espátulas de servir patês e outras entradinhas usando apenas as próprias espátulas e rolhas de vinho, espumante, etc.

Nosso vídeo:

Gostaram de ver meu pequeno ao final do vídeo???? Muito fofo meu menino, não acharam?


Estou 100% depois da gastroenterite que tive e contei aqui (dando dicas para evitar ou sair rápido desse estado desconcertante e dessa fraqueza que nos derruba). Obrigada pelo carinho de quem me deixou recados de boa recuperação, estava precisando.

E vamos às espátulas... separe uma rolha de vinho por espátula. Servem rolhas de cortiça natural ou sintética.







Legal, né???? Tem dias que é bom dar um ar diferente à mesa que servimos e dicas simples como essa são super bem vindas. Aprendi vendo uma foto em um Instagram que disse ter replicado de um blog internacional, mas não tinha origem.

Espero que tenha gostado!







Read more...

Gastroenterite - desconcertante!


Estive acamada por conta de uma gastroenterite e a situação é incrivelmente desconcertante. Ainda mais sabendo que não foi por rotavírus e sim por alimentação contaminada (vai saber o quê - uma laranja passada? - ou; se não por alimentação; talvez uma simples descarga com tampa levantada). Caí sem forças, entregue ao vômito e à diarreia por dois dias. Foi meu marido quem deu banho, fez comida, mamadeira, escovou os dentes, pôs pra dormir e tudo o mais que nossos filhos demandaram, sem contar com ajuda alguma minha; pelo contrário; precisou socorrer-me, obrigar-me a tomar água que não queria, pois voltava. Enquanto ele trabalhava, sorte eu tive de nosso pequeno ainda dormir bastante. Nossa Sofia já é crescida e com os amigos do prédio se entreteve. Mas mãe preocupada, levantei todo o momento e hora pra checar a sanidade de todos. A minha já não valia, uma louca zanzando em casa como se coluna não tivesse para sustentar-lhe o corpo. Parar no pronto socorro foi a pior parte. Ainda bem temos vizinhos que nessas horas são como uma família pra gente. Deram teto e carinho aos meus pequenos enquanto meu marido e eu fomos atrás de uma hidratação e remédios que me trouxessem de volta à realidade.

Não é a primeira vez que tenho isso.
Como não comi frango, maionese ou ovos nas 72 horas que antecederam minha crise, descartei a salmonela que é a bactéria mais comum em intoxicações alimentares.
Comi 2 laranjas 24 horas antes, sendo que seriam 3, não fosse eu ter descartado uma por estado ruim da casca. Acho que não deveria ter comido nenhuma das laranjas, pois acho que uma delas foi que provocou a inflamação do meu sistema gastrointestinal. Muito provavelmente por não terem sido mantidas refrigeradas, as laranjas tinham micro-organismos que atacaram minha imunidade.

Aprendizados que ficam:

Se no meio do cesto de laranjas há algumas passadas, acho que devemos desconsiderar comer qualquer das 'aparentemente' boas. Melhor mantê-las sempre refrigeradas.

Dar descarga apenas com a tampa do vaso sanitário abaixado.

Lavar muito bem frutas, verduras e legumes antes do consumo (já ensinei nesse post aqui).

Ovos apenas se bem cozidos. Maionese caseira deve ser evitada, assim como os deliciosos petits gateâus (ambos preparos levam muitos ovos e na maionese o ovo permanece totalmente cru, enquanto que no petit gateâu o cozimento deles não é total - alimentos com grandes chances de nos contaminar com salmonela).

A desidratação tira nossas forças e se você não conseguir se hidratar em casa, há de procurar atendimento hospitalar para hidratação e medicamentos intravenosos. A desidratação é o que há de mais perigoso nesse acontecimento todo.

Lavar muito bem as mãos, principalmente antes das refeições (protege tanto das bactérias quanto dos vírus).

Em caso de uma gastroenterite viral, evitarmos contato com as pessoas para não transmitirmos o rotavírus.

-------------
Os sintomas são horríveis, principalmente as cólicas e vômitos, porém, mantendo-se hidratado e obrigando-se a voltar a comer aos poucos (evite laticínios, óleos e gorduras, carnes, frutas e verduras, ovos e pães e cereais integrais), tudo volta ao normal em poucos dias, apesar da fraqueza se estender por mais de uma semana.

Alimentos que me ajudaram a voltar a comer durante a gastroenterite:

Arroz branco (com pouco sal e pouquíssimo óleo)
Sopa de cenoura e batata (com pouco sal e pouquíssimo óleo)
Torradas de pão branco

Bebidas que me ajudaram na reidratação:

Isotônicos
Água de coco

 

Read more...

Para ser um bom blogueiro, basta postar respeitando o trabalho de outros, podendo assim dar valor ao seu próprio trabalho!

Vim hoje contar uma coisa que é chata, mas por incrível que pareça, muito comum no meio 'blogosférico', essa imensidão de blogs bons e ruins de acesso livre na nossa internet. Como em todos os hobbies, como em todas as profissões, como em todas as coisas, nem tudo são flores ao se decidir blogar, ser blogueira, assumir isso pra sua vida. Mas apesar das pontuações ruins como a que vou contar pra vocês hoje e que acontece em imensidão muito maior do que você que não bloga pode imaginar, blogar pra mim é uma coisa boa e que merece muito o respeito do leitor. Agradeço demais porque tenho leitores maravilhosos e que me motivam a produzir bom conteúdo para esse espaço que tanto gosto do donaperfeitinha.com

Primeiro gostaria de esclarecer perguntas que sempre me fazem. A primeira é "Talita, você ganha dinheiro com o blog?". Sim, ganho. No caso do meu blog, acho que o danadinho tem potencial pra um dia virar minha 'única' profissão porque faço um trabalho de qualidade ao passar informações relevantes e 'verídicas' para meu leitor. Mas pro sucesso dele é preciso muito mais tempo de dedicação do que disponho hoje. Porém está nos meus planos investir em produções e postagens mais interessantes que acontecerão tão logo que eu tiver pelo menos 4 horas livres por dia para me dedicar a ele. "Como você ganha dinheiro?" Ganho a partir de banners de publicidade que você pode ver ao longo da página do blog e através de alguns publieditoriais que são postagens que faço, anunciando como sendo 'patrocinadas' sobre algum produto ou serviço que testei e gostei. Não faço publieditoriais de produtos ou serviços que não gosto ou não aprovo. E meu ganho é proporcional às minhas visitas, ou seja, pra ganhar mais, tenho que ter mais visitas.

E como conseguir mais visitas? Com boas postagens. Essa, na minha opinião, é a única resposta realmente realista. Bom conteúdo traz visitas originadas principalmente dos sites de busca, tendo em primeiro lugar o 'Google'. Adoro meus leitores que chegam aqui através do Google. Eles se emocionam e eu também, rs. Adoro cada leitor, a verdade é que só continuo com o blog porque realmente gosto de escrever pensando que tem você aí do outro lado pra ler e gostar; ou ler discordando e me dando toques enriquecedores. Não sou imatura, sei que escrever é me expor, mas gosto de postar coisas que acho que se fizeram diferença pra mim, poderão também ajudar ou divertir outra pessoa e, se eu estiver errada, ganharei informações relevantes também. Mas claro que também continuo postando porque acho que o donaperfeitinha.com tem um futuro bacana. Gasto muito tempo com cada postagem que faço. Se você já é meu leitor há algum tempo, sabe que por aqui produzo, tiro fotos do passo a passo, edito as fotos, escrevo um bom post e só então publico. 

Aí que entra a história de hoje que é só mais uma repetição de várias e várias pessoas que se dizem 'blogueiras' e que tem a coragem de subentender em posts copiados que chamam de 'seus' que escreveram tudo aquilo e que tiveram o 'maior trabalho' pra chegar na tal dica maravilhosa que estão passando pro leitor. Não sei você, mas eu sofro em 'achar' que estou sendo enganada.

Como leitora, respeito pra caramba o que escreve um escritor ou blogueiro. Escrever, que é uma coisa que amo, não é coisa fácil. Escrever bem então! E quanto a produzir um post de qualidade? É imensamente trabalhoso sim, mas tendo leitores que ficam felizes e te parabenizam pelo que acabaram de ler, é super compensador.

Tenho um post que é muito famoso no Google que se chama 'Como tirar manchas de óleo de roupas já lavadas'. E lembro-me do dia em que aprendi a dica na rua (como conto tudo no próprio post), testei tirando fotos do antes e depois, editei as fotos de forma a ficar super claro, pro leitor entender direitinho. Fui pesquisar na internet a origem da dica, encontrei o professor de química Vladimir Constantino Valério, responsável por ter ensinado isso no programa de TV da Eliana e finalmente então tinha todas as informações que precisava para escrever e publicar meu post da forma como deve ser, verdadeira e respeitosa com o trabalho de cada um até o resultado do meu post. Como você acha que depois de ter gastado cerca de 8 horas na produção dessa postagem, eu me sinto ao saber (pelo google mesmo ou quase sempre por leitores maravilhosos que me deixam os links querendo me ajudar) que há blogueiros que, num primeiro momento, admirava e respeitava, mas que, depois de ler em seus blogs, posts 'copiados' ou 'editados' para melhor adequá-los como sendo os 'autores reais', mas que na verdade são posts de origem do meu blog, o donaperfeitinha.com? Me sinto triste, claro, desanimada com esse 'apelo' de algumas pessoas que tem a coragem de agir de milhares de formas 'absurdas', 'equivocadas' ou mesmo 'mentirosas', enganando seus leitores com todo o ar de 'bom moço' ou 'boa moça'. Claro que eu, tendo sido uma blogueira iniciante anos atrás, sei que alguns blogueiros erram por falta de informação, mas nada mais precioso que agir e escrever com verdade para conquistar um leitor e é nossa obrigação nos informar antes disso e informar ao leitor tudo a respeito daquela informação que você está passando, dando crédito à tudo que aprendeu e quer transmitir.

O FATO:

Infelizmente duas blogueiras autoras de 'Tricô das duas', no final do ano passado, pegaram esse meu post 'Como tirar manchas de óleo já lavadas', absorveram a dica principal, usaram fotos de minha autoria (removendo o endereço do blog grafado nas fotos originais, comprovando a má fé do ato) e publicaram no blog delas nesse link aqui, deixando 'subentendido' que tinham produzido aquele post. Nas palavras delas:

 "Pesquisamos muito (e testamos muito também) e encontramos a receita de uma misturinha"
É claro que acho que errar é algo possível de acontecer com qualquer um e podemos sempre pedir desculpas, justificar pro leitor, mas respeito com o trabalho do outro é algo que se escolhe ter ou não ter. No caso delas, não houve qualquer respeito nem mesmo com os leitores delas e muito menos comigo que sou a autora do post original em que elas não apenas aprenderam a dica, mas também de onde copiaram as fotos. A pessoa (não sei se foram as duas autoras ou apenas uma delas) que escolhe copiar informação e fotos de um espaço alheio não está querendo a admiração de seus leitores. Está sim, ao meu ver, querendo conquistar mais e mais leitores pelo google, querendo receber elogios, mesmo que esses não devessem ser dirigidos a elas. Vejamos como elas agirão para consertarem esse 'estrago' que fizeram com a própria imagem do blog. Percebe-se que o blog delas tem uma cara linda, foto linda das autoras, dicas que teriam tudo pra ser ótimas, não fosse esse desprazer que tive de ter a certeza que o objetivo delas em blogar é bastante egocêntrico pra merecer leitores bons e assíduos como tem o donaperfeitinha.com

Quero agradecer aqui o leitor que me enviou o link do post delas. Tenho uma coleção desse tipo de post que, ao mesmo tempo que me desanimam em postar, me dão, num segundo momento de reflexão, algo muito bom em que me apoiar: quem faz isso com o outro sabe que faz errado, sabe que não está dando valor ao trabalho alheio, então, alguém assim não pode querer nunquinha que outras pessoas valorizem o trabalho delas também.

Mas, uma coisa é certa, todo mundo merece uma segunda chance. Só espero que essas duas blogueiras não estejam crescendo a mérito de outras várias, além de mim mesma, blogueiras realmente exemplares.

Odeio (acho que nunca usei essa palavra antes aqui no blog, mas é preciso dizê-la hoje!), odeio muito escrever posts desse tipo, mas é preciso que vocês meus leitores me acompanhem também nesses percalços. Mas continuo feliz de ter você aqui pra me ler e continuo acreditando em trabalhar duro pra produzir um bom post, portanto, obrigada pela leitura hoje e que tal fazermos algo pra nos relaxar? Tô indo buscar minha filha na casa de uma amiguinha pra fazermos um jantarzinho gostoso aqui em casa e depois assistirmos um filminho com direito a muita pipoca! E você, o que pretende fazer pra se divertir?

Obs: Segue abaixo imagem da página do post com conteúdo copiado do meu blog pelo blog Tricô das duas  - tricodasduas.com.br (devidamente linkado como elas deveriam ter feito em respeito a mim ao publicar qualquer 'palavra, foto ou dica' que viu aqui no meu espaço) para que, em caso delas excluírem algum dia, você possa continuar entendendo o 'fato' em questão que tratei neste post:

ABAIXO IMAGEM DE POST COM CONTEÚDO COPIADO DE POST DE MINHA AUTORIA:

-----------------------   INÍCIO DA IMAGEM  --------------------------



-----------------------   FIM DA IMAGEM  --------------------------



Obrigada a você que continua me incentivando e gostando do blog donaperfeitinha.com apesar dos acontecimentos bobos e chatos que preciso vez ou outra relatar pra vocês por aqui.








Read more...

Milho pras crianças


Um alimento saudável e que as crianças dizem sim à qualquer hora é bom ter sempre em casa. É legal até fazermos uma listinha desses alimentos pra nunca esquecermos na hora das compras. E o milho verde é, com certeza, um desses alimentos.

As crianças precisam de energia e o milho tem bastante carboidratos pra fornecer. Também tem muitas fibras, presentes na casca; além de proteínas e vitaminas do complexo B.

E como é simples fazer milho verde fresquinho pras crianças. Fica pronto tão rápido que é uma boa opção pros momentos de tumulto em casa (sabe aqueles em que todos estão famintos e falando ao mesmo tempo, rs?). Bom escolher o milho verde pra apaziguar tudo, rs...


 Então que milho verde pra cozinhar rápido só mesmo na panela de pressão. Enquanto na panela convencional o milho precisa de uma hora pra ficar bom, na panela de pressão bastam 12 minutinhos.

Encha sua panela de pressão com água suficiente para cobrir as espigas de milho que vai cozinhar (use água filtrada de preferência):


Então leve a panela ao fogo e assim que a pressão começar, conte 12 minutos (se for retirar a pressão você mesmo levando a panela para debaixo da água - como indicado no manual das panelas de pressão) ou deixe apenas 10 minutos caso vá deixar a pressão sair naturalmente depois de desligar o fogo (assim o tempo de pressão remanescente termina o processo de cozimento do milho). Nunca deixe seu milho por tempo demais, pelo perigo da evaporação da égua e também porque seu milho poderá ficar duro:

Olha só que lindos os milhos verdes das crianças (e dos adultos, claro!):

Dicas de temperos:

Apenas com sal... ou você salpica o sal no milho assim que o retirar da água ou, depois de cozido, volta o milho com a panela aberta em água com sal para ferver por 2 minutinhos para o sal penetrar de forma homogênica! 

Com manteiga... você pode passar a manteiga na espiga quente que esta derreterá na hora ou derreter a manteiga no microondas para ser acrescentada com colheradas à espiga, rs. Além disso você pode temperar sua manteiga como desejar... misture, por exemplo, queijo parmesão à ela ou mesmo azeite e manjericão.


Para as crianças que não seguram o milho quente, há interessantes acessórios de plásticos próprios que criam cabos laterais no milho pra ser segurado firmemente. Já vi à venda até mesmo em supermercados. Aqui em casa a criançada varia entre espiga inteira e cortada pra comer assim mesmo na colher:






Read more...

Chá de abacaxi com hortelã

Que delícia que é sentir a casa perfumada por um chá em infusão ou, nesse caso, ebulição. Se gosta de chá, há de gostar desse tradicional chá de casca de abacaxi. Tão simples de fazer e que é regra aqui em casa quando conto um abacaxi. Quer aprender a fazer também?

A ideia é aproveitar a casca e, como esta é muito desnivelada, cheia de caminhos fundos, o nível de sujeira acumulado neles é alto. Assim é preciso lavar bem com uma escova especialmente reservada para frutas e legumes. Use uma gota de detergente!

E enxague bem logo em seguida:

Agora é hora de cortar seu abacaxi:


Leve o abacaxi à geladeira e reserve as cascas para o chá:

Cascas já na água para o cozimento (use quase o dobro de água da sua garrafa térmica, pois devemos deixar uns 15 minutos cozinhando depois de iniciada a fervura e isso faz com que muita água evapore!):

E em chá de abacaxi, uma hortelã vai bem. Se você gostar, acrescente um maço à água do chá:




Depois do cozimento, é só usar uma peneira fina para levar o chá à garrafa:

E aproveite essa delícia o dia todo, leve pro trabalho!

Adoro! Deixa eu ir ali encher de novo minha xícara!






Read more...

Vencer ou perder?



Quantos de nós ainda não chegou a uma resposta a essa questão! E a Copa tá aí, ou melhor, tá aqui! Estamos, cada um a seu modo, preocupado em torcer ou deixar de lado. Defesas para os dois lados se ouve em cada canto desse Brasil que está mais movimentado, que vai causar positivamente e negativamente na imprensa interna e lá fora. O fato é que precisamos tentar diferenciar política da Copa, apesar que a realidade é que tudo isso é uma coisa só. E é mesmo difícil vibrarmos de alegria, carregados de vergonhas políticas, afinal, o mundo está, a partir de hoje, focado em nós e nós brasileiros responsáveis por colocar quem colocamos no governo, também somos responsáveis por reconhecer erros. Mas a defesa de que tivemos todo o tempo para protestar e que justamente agora quando a Copa acontece no Brasil não é momento, que devíamos aproveitar e dar nossa torcida máxima, não é de todo ruim. Mas é preciso ter holofotes, protestos precisam da imprensa, o momento é bom por isso. Mas quem se decidir por isso, que não erre pior que os políticos, que não cause transtornos. Se porém, preferir somente o lado bom que é bom também, por favor, apenas não se esqueça que, finda a Copa, mesmo que vençamos e estejamos com o peito inchado de orgulho do nosso futebol, nosso Brasil está carente de mudanças políticas, estamos cansados de ver tanta coisa errada acontecer e não é só no âmbito político, mas principalmente nele. Acho que devemos torcer, aceitar o orgulho de ser brasileiro, sem vergonha de ser feliz nessa Copa, porém, sem esquecer que o Brasil está carregado de vergonhas que podem e devem ser corrigidas no momento certo, o do voto, ainda esse ano. 

E é COPA! No Brasillllll! Bons jogos pra nós!

Read more...

Carne moída... não dá pra deixar faltar!



Famosa, sim! A 'carne moída' é tão eclética que está em todos os lares. Seja moída uma ou duas vezes, seja de 'traíra', 'patinho', 'alcatra' ou mesmo de 'filé mignon', carne moída é tudo de bom!

Quem é que não dá valor a ela? Somente os vegetarianos (claro!), mas olha que até eles tem uma substituta pra ela: a PTS (proteína texturizada de soja) que faz uma bela imitação da carne.

E hoje o post é pra ela que, pense bem, faz de salada a pratos elaboradíssimos. Minha intenção é deixar claro que carne moída pode te salvar a qualquer tempo e ajudar a criar pratos muito bacanas, mesmo quando a criatividade não está lá aquela coisa!

Segue lista pra te inspirar a qualquer hora, a qualquer tempo - muito do que se faz com a CARNE MOÍDA mantida congelada no seu freezer:

ALMÔNDEGAS: que delícia! Nesse link aqui achei uma boa receita que leva pão. Aqui em casa faço simples mesmo, aproveitando ao máximo o gosto da carne. Com temperos, cebola picadinha e pronto! Tem gente que acha que não dá liga, mas depende da carne escolhida. Se não der, porém, um pouco de farinha de trigo integral ou branca resolve o quesito. Grelhar ou fritar, eis a questão! Tanto faz, mas prefira sempre reduzir óleos do prato, isso é sempre uma boa sugestão. Depois junte seu molho de tomate. Ah, o tomate! Outro grande ingrediente que vale um post independente, não acha?

HAMBÚRGUER: a carne moída feita assim e grelhada substitui muito bem o bife do almoço e dá um 'up' no sabor. Claro que o hambúrguer é mais usado para lanches com pão, queijo, tomate, alface e o que mais sua imaginação e paladar permitirem. Achei aqui, link de origem da foto receita ótima com cogumelos, um bom ingrediente também de se ter em casa.



SOPAS: que beleza, sopa é bom sim.... no inverno aquece com ingredientes dos mais diversos e sabor à sua escolha, dá pra fazer sopa com todo tipo de legume, tubérculos e verduras. E a carne moída vai bem com tudo.



PASTÉIS FRITOS: de massa comum ou de angu, o pastel de carne moída é pedida número 1. O queijo faz uma bela companhia aqui. Nos nossos supermercados da vida, há massa pronta pra tudo, rs.



ESCONDIDINHO: Esse prato pode ser feito com batata ou mandioca. E é um tanto famoso em usar carne seca ou nossa personagem principal de hoje, a carne moída. Aqui tem receita interessante!




PÃO DE BATATA: qualquer salgado ou pão caseiro vai bem com carne moída no recheio! Veja receita desse pãozinho aqui.









BERINJELA RECHEADA: de carne moída, claro! Como é meu legume favorito, não podia deixar de constar algo com ele. Essa receita tem aqui. Mas se quiser fazer logo uma lasanha de berinjela recheada com carne moída siga meus passos a passo do blog mesmo! Mas com legumes quaisquer, a carne moída vai muito bem. Recheie abobrinhas, tomates e berinjelas inteiras!

PÃO COM CARNE MOÍDA: Dizem que o nome não é esse, que é um tal de buraco-quente, mas pra mim é pão com carne, como relatado em bares ao longo das estradas, rs. Dá pra transformar em aperitivo chique, basta misturar a carne com ingredientes nobres que o pão francês recheado de carne moída ganha destaque até em festas durante o dia.




Agora, não se detenha a essas dicas apenas! Com carne moída se cria e se inventa. Aqui no blog mesmo há outras várias receitas. Em destaque, indico o meu bolinho frito favorito: o de mandioca recheada com carne moída. Também deixo o link do meu quibe!!!!! E quibe a gente faz pra comer cru, frito ou assado (que tal dispor em assadeira e rechear? Quibe assado é tudo de bom! Você pode também fazer polenta com carne moída (o famoso angu à baiana, uma iguaria que permite temperos e ingredientes complementares diversos!). Com carne moída também vai bem com massas, macarrões! Pode rechear o canelone, pode entrar no molho bolonhesa com fetuccines à gravatinhas! E em massas vale incrementar, usar legumes como berinjela e abobrinha!


E o fato é que carne moída é isso, um infinito de oportunidades para fazer na nossa cozinha! Se tem uma receita boa com esse ingrediente, me manda no talita@donaperfeitinha.com - se um dia conseguir fazer, sua receita será publicada com créditos e agradecimentos!






Read more...
Instagram
Twitter

Receba os posts

  © Obt. para dona perfeitinha.com - Todos os direitos do blog reservados - Copyright © 2013 - Veja nossa política de privacidade.

Para cima!