ENTREVISTA - PROFISSÃO DO DIA: DEFENSORA PÚBLICA

27.1.09 Talita Cavalcante 13 Comentários

Esta semana entrevistei uma garota com jeitinho de menina que surpreende com segurança e atitudes admiráveis no dia-a-dia de uma profissão de destaque. 

Fernanda de Sousa Saraiva é Defensora Pública na cidade de Ponte Nova, MG. Bacharel em Direito, formou-se em julho de 2005 na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Passou no concurso para Defensora Pública, tendo tomado posse em 18 de Janeiro de 2008. Ela tem 27 anos e vai se casar em junho deste ano.


Foto de Fernanda no Acabiara Clube, em Ponte Nova - MG

1) Oi Fernanda! Você é Defensora Pública em Minas Gerais. O que é preciso para se tornar um Defensor Público?

Para ser Defensor Público aqui em Minas Gerais, além de ser bacharel em Direito e passar no concurso, é imprescindível ter vocação para atender aos necessitados, dando-lhes a mais ampla assistência jurídica.

2) Qual a função de um Defensor?

Incumbe ao Defensor Público prestar assistência jurídica, judicial e extrajudicial, integral e gratuita aos necessitados, compreendendo a orientação jurídica e a postulação e defesa de seus direitos e interesses em todos os graus e instâncias. 

Dentre as atividades, podemos citar: promover, extrajudicialmente, a orientação às partes em conflito de interesses, bem como a conciliação entre elas; patrocinar defesa em ação penal e em ação civil; atuar como Curador Especial nos casos previstos em lei;exercer a defesa da criança e do adolescente; atuar nos estabelecimentos policiais e penitenciários, visando assegurar à pessoa, em quaisquer circunstâncias, o exercício dos direitos e das garantias individuais; assegurar aos seus assistidos, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral contraditório e ampla defesa, com recursos e meios a estes inerentes, dentre outras atribuições.

3) Por estar sempre em contato com presos, acusados ou condenados e por ser uma mulher, e jovem, já passou por algum constrangimento?

Nunca passei qualquer constrangimento em contato com os presos, acusados ou condenados. Muito pelo contrário: estas pessoas nutrem profundo respeito em relação ao Defensor Público, depositando em nós toda a sua esperança pela liberdade.

4) Existem momentos em que você questiona o fato de ser obrigada a defender um criminoso? Como lida com isso?

Até o presente momento isto nunca aconteceu. Na minha opinião, todas as pessoas têm direito de serem defendidas, seja qual for o seu crime, até mesmo para que elas cumpram a sua pena na exata medida de sua culpabilidade.

6) Antes de prestar concurso, você chegou a advogar?

Sim, cheguei a advogar por aproximadamente dois anos.

7) Dentro de suas atribuições, o que você mais gosta? E o que menos gosta?

Estar na Defensoria Pública de Minas Gerais é um sonho realizado. Desta forma, exerço todas as minhas atividades com imenso prazer.

8) Eu sei que está de casamento marcado. Está dando pra conciliar o trabalho com a organização do seu casamento?

Está um pouco difícil, porque sou muito preocupada com as coisas que faço, buscado sempre fazer o melhor. Venho organizando o casamento com bastante antecedência. Além do mais, hoje é maior a facilidade para organizar um casamento, pois encontramos profissionais qualificados que procuram atender às nossas necessidades sem exigir muito tempo das noivas.

9) O que está sendo mais prazeroso e o que está sendo mais trabalhoso nesse período?

Neste momento de preparação de casamento, é muito bom fazer a lista de padrinhos e convidados, escolher os doces e salgados para a festa, o vestido de noiva, a decoração, as daminhas e os pajens.Por outro lado, está sendo difícil superar a ansiedade, a expectativa para que tudo dê certo.

13 comentários :

  1. Muito legal te entrevistar, Fernanda. Parabéns pela profissão, cumprindo um belo papel para a sociedade.
    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir
  2. Ótima entrevista! Que tal entrevistar uma desempregada???? kkkk se quiser me disponibilizo!!!Seus posts estão cada dia melhores, um beijo!

    ResponderExcluir
  3. Oii, tem um selinho pra vc no meu blog.
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Nossa,
    achei o máximo esta entrevista.
    A Fernanda, assim como a Aline (da primeira entrevista) é muito nova. São interessantes estas entrevista, porque mostra meninas jovens e poderosas. Parabenizo a ambas Aline e Fernanda por, tão jovens, já serem destaque na sociedade, no mercado de trabalho e nas profissões que escolheram - certamente são inspiração para outras muitas que sonham estar onde elas estão. Sucesso para elas.
    Parabens pela entrevista.

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda,
    acho super legal a sua profissão e virei sua fã. Sou bacharel em direito e sonho passar no concurso para Defensoria Pública em Minas Gerais.
    Parabens à vc, à Defensoria Pública de Minas Gerais (por tem uma brilhante profissional como vc no quadro de pessoal) e à Dona Perfeitinha por esta sensacional entrevista.
    Sucessso, menina...oops... Dra. Fernanda.
    Abraço.
    Carla Evangelista
    Belo Horizonte-MG

    ResponderExcluir
  6. Oi perfeitíssima,
    adorei mais esta linda entrevista.
    Estou ansiosa para a próxima entrevista.
    As entrevistas da Aline e da Fernanda foram sensacionais.
    Um beijo da amiga
    Emmanuelle Vicari
    João Pessoa-PB

    ResponderExcluir
  7. Liiinnnnnnnda entrevista.
    Viva a dona perfeitex, nosso oráculo que diz o que queremos ler.

    Joana Figueiredo
    Pompéu-MG

    ResponderExcluir
  8. Adorei a entrevista! É sempre bom conhecer mais um pouco e mais um lado da nossa profissão (de advogado). É bem legal tb ver alguém novo como ela amar tanto o que faz! Acho a defensoria essencial pro bom andamento da justiça no Brasil, já que nem todo mundo tem acesso ao Judiciário (advogado particular ainda é meio caro) e acho também muito bom pro país pessoas assim tão dedicadas e apaixonadas pelo que fazem!
    É isso aí!
    beijos =***

    ResponderExcluir
  9. Ei Fernanda, fico muitíssimo feliz de saber o quanto você está realizada profissionalmente e também no lado pessoal. Parabéns pelas suas escolhas. Adorei sua entrevista. Abraços, Aline.

    ResponderExcluir
  10. Fernanda, como é bom fazer o que gosta. Ser uma profssional realizada.
    Parabéns.
    beijos
    sandrA

    ResponderExcluir
  11. Uma grande profissional, um exemplo de pessoa e principalmente "a mulher de minha vida".

    Te amo.

    André

    ResponderExcluir
  12. Bem , conheço a Fernanda da época de colégio. Estudamos juntas em BH e ela sempre foi uma aluna exemplar e uma amiga dedicada! As conquistas dela me enchem de orgulho! Nunca tive dúvidas de que ela seria uma profissional impecável...

    Fernanda, apesar de não nos vermos com frequência, saiba que valorizo muito a nossa amizade e que você pode contar sempre comigo!

    Grande beijo,
    Maria Elisa.

    ResponderExcluir
  13. E esta Dra. aí é uma amigona!! Só quem conhece esta menina pra explicar. Tem um coração que não cabe no peito. Sem dúvida uma das melhores 'coisas' que me aconteceu na Defensoria foi ter a amizade da Dra. Fernanda! Que Deus continue te iluminando!!!bjim amiga e estaremos aí pro casório!! heheheee!!

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.