ESTADA OU ESTADIA?

13.1.09 Talita Cavalcante 3 Comentários



Gente! Sou mesmo perfeccionista e estou super chateada com algumas alterações na ortografia. Imagina idéia sem acento (ideia - que feio!)! Tudo bem que hífen (para algumas palavrinhas específicas) e trema já foram tarde, mas acentos vão deixar saudade em mim. Ainda não escrevo com as devidas correções (até porque ainda não tive tempo de estudar a todas), mas aos pouquinhos tenho que me adaptar - não quero esperar que minha filha seja alfabetizada primeiro pra depois eu aprender, né?

Falando em ortografia, prestem atenção a essas duas palavrinhas: estada e estadia.

Quando nos hospedamos em um hotel, qual nome damos para o tempo de permanência nele? Estada ou estadia? Já ouvi uma repórter num famoso programa de TV dizer 'estadia'. O correto, porém, é estada. "Minha estada foi de 5 dias"; "Sua estada custará 300 reais". É terrível ouvir estadia, mas é comuníssimo já que significa também tempo de permanência, com uma pequena diferença: estadia é tempo de permanência de navios em portos; é o tempo que o navio leva para descarregar e/ou carregar. Também usa-se estadia para tempo de permanência de outros tipos de veículos, seja na rua, no aeroporto, etc. Portanto, quando tratamos de nossa permanência em uma cidade, na casa de amigos, em hotéis ou em qualquer outro lugar, usamos o nome estada. 

Segundo o dicionário SILVEIRA BUENO: ESTADA, s.f. Demora, permanência. ESTADIA, s.f. Permanência para carga e descarga do navio enquanto ancorado num porto; permanência (de veículos). Não há como errar.

3 comentários :

  1. Olá! Eu de novo!
    Esta eu já sabia...Estada e estadia. Mas sua explicação veio em hora oportuna, uma vez que sempre nos deparamos com pessoas pronunciando equivocadamente estas palavras.
    Quanto às mudanças ortográficas, acompanho de perto. Gosto do português e das suas regras. Embora não seja "expert". No entanto, sou contra a abolição do trema. Imagine só uma pessoa pronunciar "cinKenta", ao invés de cinqüenta? A propósito, os portugueses (de Portugal) ainda utilizam o "c" em palavras como: factor, selecção, director...rsrsrs!E isto já foi abolido faz tempo!
    Esta menção ao português me fez lembrar da minha irmã que é Engenheira Civil e eu sempre a corrigia. Uma vez ela escreveu um e-mail enorme e colocou no final: ". , `´, ! ? ^...Distribua como quiser..." Nunca me esqueci!!rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Sou do RS, 47 anos, filha de professores de Português, Latim, Grego e Francês. Em nossa casa isso nunca foi considerado erro, e olha que meu pai abandonou o magistério justamente por modificações na Língua Portuguesa, que tiram acentos diferenciais e outras coisas importantes. Acho que posso esclarecer a aceitação da ESTADIA como sinônimo de ESTADA em dicionários, hoje, até de Portugal. Da forma como aprendi, é o tom irônico da ESTADA, simplesmente, que ficaria muito bem entre aspas (evitando equívocos de interpretação). Ex.: durante minha ESTADA em Poços, adorei a "ESTADIA" na casa da tia Noely! Estada, no sentido de permanência lá, período em que estive lá,passagem pela cidade. "Estadia" no sentido de estar lá na maior folga, sem pagar taxas para pernoitar e ainda aproveitar o convívio com as pessoas e o lugar. Vocês já repararam que quem aplica a palavra "ESTADIA", em geral, dá a entender que saiu de graça, que ninguém cobrou? Na origem mesmo, está vinculado à não necessidade de pagar as taxas para "pernoite" dos navios. É uma gracinha, um tom irônico. Para mim, soa como aquela expressão: MUY AMIGO! Quando alguém que consideramos muito nos apronta alguma e nos causa decepção. Ou ainda, como o PLUS A MAIS. É questão de bom senso notar a brincadeira. Por isso, continuarei usando a "ESTADIA" entre aspas, como sinônimo de ESTAR SEM PAGAR.

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Não sei seu nome, mas adorei o que deixou pra gente aqui. Realmente nunca reparei no uso da palavra "estadia" com o sentido de estar sem pagar, mas adorei saber que costuma-se falar com ele. Muito legal... pode ser que seja cultural, né?

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.