NOVA ZELÂNDIA - PARTE II

by - 30.1.09



Outras diferenças culturais entre Brasil e Nova Zelândia:

- São loucos por rugby como somos loucos por futebol por aqui - mas eles tem a tradição de, antes de iniciarem o jogo, executarem uma dança maori, cheia de urros e batidas de punho nos peitos e pernas. É bem engraçado quando assistimos pela primeira vez... reparem na foto - eles fazem caras e bocas.

- Tomam banho só uma vez por dia.

- Nas escolas, pode-se escolher as matérias que se quer cursar, não há obrigatórias e as opções são diversas, além daquelas que já conhecemos por aqui, como pintura, desenho, carpintaria, línguas (alemão, francês, japonês, maori, etc), teatro, outdoor education (educação fora da sala de aula, onde se aprende a esquiar, escalar, fazer rapel, trekking, rafiting, etc).

- Em bares só entra quem tem mais de 18 anos, apresentando identidade.

- Não há outra opção para tamanho de pizza que não grande.

- Pode-se ser preso se pego bebendo uma latinha de cerveja na rua ou em outros locais públicos.

- É comum ver muitas pessoas estiradas ao sol sobre a grama das praças.

- Em quase 100% dos quintais das casas, avista-se uma grande cama elástica, sobre a qual, nos fins de semana, crianças e adultos brincam pulando, girando, dando cambalhotas no ar.

- Costumam comprar peixe e batata fritos enrolados em papel para comer na praça com os amigos.

You May Also Like

3 comentários

  1. Amei saber tantas coisas deles.....
    OBRIGADÃO !!!!!!!!!!
    bjks mil, Bê

    ResponderExcluir
  2. Nossa que interessante menina, já gostei do seu blog, adoro ler sobre as culturas dos países, são tão diversificadas que a gente nem acredita que tem lugar em que as coisas são como são.
    É por essas e outras coisas que meu sonho é viajar e conhecer muitos lugares...
    vou ficar vindo por aqui

    beijos, Raissa.
    http://queroenfeitarvoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu não gosto muito de viajar, mas depois de ser obrigada a mudar para Tocantins, as distâncias ficaram curtas para mim.
    Seria ótimo então ver lugares que a gente realmente quer conhecer, principalmente que foram cenários de filmes que eu adoro, como O Piano e Honra e Liberdade.
    Obrigada pelas informações.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.