SÉRIE - JERICHO

8.1.09 Talita Cavalcante 2 Comentários


Esta série, Jericho, foi exibida em 2006 e 2007 nos EUA e já chegou em DVD no Brasil há algum tempo também. 

Tenho que falar dela porque gostei demais e vamos acabar comprando pra termos na prateleira aqui de casa. Eu e meu marido assistimos suas 2 temporadas em apenas 3 dias (até hoje não começaram a filmar a continuação porque (parece mentira) não fez sucesso nos EUA). Podem confiar... perguntem a quem já assistiu: a série é sensacional. Eu a acho melhor que Lost e olha que sou apaixonada por essa também. O melhor é que apesar de poder ter continuação, a série termina sua segunda temporada de forma satisfatória pra quem gosta pelo menos de sentir um finalzinho, mesmo que seja um semi-final, semi-acabado, semi-satisfatório.

A história é de quando os EUA fracassam em sua liderança política e já não conseguem mais manter a ordem e garantir a segurança e a sobrevivência de todos seus cidadãos. É uma luta pela sobrevivência em meio ao desconhecido, quando já não funciona mais nada do qual hoje somos dependentes: computador, tv, telefone, carros, aviões; além de a comida ficar escassa e a moral do ser humano passar a pesar muito.

Nesses tempos em que a natureza castiga o Brasil com suas chuvas, voltei a pensar nessa série, apenas pelo fator de calamidade em que vivem os personagens, coisas pelas quais muitos em Minas Gerais, Santa Catarina e Rio de Janeiro vem passando. Situações diferentes pela razão, mas com algumas semelhanças.

Em Jericho, é o terrorismo que mostra a cara e é bonito de ver a união das pessoas em tempos de miséria, assim como temos visto muitos ajudando outros aqui no Brasil. Só acho que a TV está exagerando no pedir ajuda apenas para Santa Catarina enquanto diversos outros lugares estão em situações semelhantes. Temos que ajudar todo mundo, sem predileção ou influência política.

Bem, já falei muito de tanta coisa e só queria indicar essa série super bacana. Acho que este post deveria entra na seção "Sem seção" e não mais no "Minha prateleira", mas vocês entenderam minha intenção, né?

Aluguem a série, tenho certeza que vão gostar. Depois me contam o que acharam e, se já assistiu, já dê sua opnião, por favor.

Beijos,

2 comentários :

  1. Já que estamos falando de indicações para termos em nossas prateleiras, vou me atrever numa indicação de um livro que sinceramente não li, mas fiquei demasiadamente interessada pois tive o prazer de assistir a entrevista de seu autor (Fábio Arruda) no programa - Sem Censura - e achei a sua cara Dona Perfeitinha. Ele sugere comportamentos interessantes do nosso dia a dia, inclusive no trabalho; durante a entrevista ele conseguiu diferenciar etiqueta de requinte o qual definiu a primeira como a mais pura educação que qualquer indivíduo pode e deve ter enquanto a segunda está mais ligada ao toque de refinamento que o dinheiro traz. Lembrou também que a etiqueta é imprescindível em quanto o requinte muitas vezes é dispensável. Imagino que seu livro deve ser tão interessante quanto a entrevista; o nome do livro é "EFICIENTE E ELEGANTE: GUIA DE ETIQUETA PROFISSIONAL".
    PS: Já assisti a série "Jericho" e também adorei... Abraços
    Aline

    ResponderExcluir
  2. Oi Aline,
    Adorei a sugestão do livro. Adoro mesmo assuntos sobre etiqueta profissional. Já até fiz curso do Senac sobre isso. Esse livro poderá me inspirar postagens na seção "Marketing Pessoal". Vou ver se leio, sim! Pena eu ter perdido o Sem Censura de ontem - acredita que não assisti porque a programação divulgada na internet era reprise de um programa de outubro só sobre música? O site deles é super desorganizado. Mas o programa é tudo de bom, né? Um dia quero sentar lá como entrevistada da Leda Nagle, já imaginou?
    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.