ACESSIBILIDADE: uma questão não só no ambito público

by - 17.2.09

A acessibilidade é um assunto que deveria ser prioridade em qualquer construção, seja de vias públicas, edifícios particulares, edifícios comerciais como hotéis, pousadas e restaurantes, ou qualquer outro, não acham?



São muitos os deficientes (físicos, visuais, auditivos) em nosso país e outros tantos em outros países e que gostariam de nos visitar. O turismo no Brasil, para ser mais saudável, deve cultivar em seus investidores a preocupação com os turistas especiais. 

Acho vergonhoso que ainda não nos adaptamos para receber tais turistas. Os médicos deveriam ser os primeiros a levantarem a ‘bandeira da acessibilidade’, começando por seus consultórios, pois são quem mais entende das dificuldades e pequenas necessidades desses pacientes especiais. 

Apesar de já existir uma lei que obriga locais públicos a garantir a acessibilidade a deficientes, quase não se vê edifícios particulares adaptados. 

Para melhorar essa situação, acho que o poder legislativo ajudaria muito se aprovasse uma lei que obrigasse engenheiros e arquitetos a apresentarem dois projetos ao seu cliente, um deles, obrigatoriamente, atendendo a todas as necessidades de acesso e circulação em todos os ambientes por um cadeirante. 




Para um país melhor e um turismo mais saudável, precisamos nos preocupar com o outro, principalmente com aquele que demanda cuidados especiais. Cada dia mais me assusto com o abuso de certos locais. Outro dia mesmo, em um hotel de praia que tinha rampas, tudo certinho, encontramos todas com passagem barrada, sem motivo justificado. Tinha que usar as escadas com minha filha dormindo no carrinho de bebê, já que os funcionários do hotel alegaram que a rampa era só pra deficiente. Imagina! Um carrinho de bebê não pode usar as rampas? Coisa de ***, com o perdão pela palavra oculta! Depois de muito discutir, conseguimos que liberassem as rampas.


You May Also Like

4 comentários

  1. concordo totalmente!!!

    acho sinceramente que o chamado "desenho universal" deveria virar moda... e ser feito da forma certa! porque não basta ter rampa, tem que ter a inclinação certa, as barras, o piso tátil, etc.

    outra coisa, se você olhar a nbr9050 [norma que dita as regras de acessibilidade] vai ver que se aplica a pessoas com dificuldade de locomoção, temporária ou permanente, o que obviamente era o seu caso no hotel...

    adorei o post!!

    p.s.: você pode baixar a norma de graça na internet. Então, não tem desculpas!!!

    ResponderExcluir
  2. oi talita! a acessiblidade é um direito inegociável; devemos lutar sempre por ela! bjs!!!

    ResponderExcluir
  3. Vim, agradecer suas visitinhas.
    O carinho e as palavras de força que me deu.
    Muito Obrigada!!!
    Tenha uma semana abençoada...

    ResponderExcluir
  4. Vim, agradecer suas visitinhas.
    O carinho e as palavras de força que me deu.
    Muito Obrigada!!!
    Tenha uma semana abençoada...

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.