Varanda, varandinha...

6.3.09 Talita Cavalcante 6 Comentários


Moro numa casinha que mais parece casa de boneca... bem antiga, tem varanda de frente pra rua com canteiro de flores sobre os balaústres.

Adoro nossa varandinha que é bem espaçosa e é onde fazemos um churrasquinho ou apenas nos sentamos pra curtir o vento, ver nossa filha brincar ou bater um papo até escurecer...

É na nossa varanda também que encho a piscininha de plástico da minha pequena e fico com ela por lá, brincando por horas. Esses dias tem sido tão quentes que dá vontade de mudar meu escritório pra lá!

Varanda é bom em qualquer lugar...





Ontem, meu marido lia pra mim Raízes do Brasil e um trecho, em especial, me agradou bastante:

"(...) A casa peninsular, severa e sombria, voltada pra dentro, ficou menos circuspecta sob o novo clima, perdeu um pouco de sua aspereza, ganhando a varanda externa: um acesso para o mundo de fora. (...)" HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil - São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

Esta citação refere-se às novas residências que os portugueses, na época da colonização brasileira,  começaram a construir por aqui, baseando-se nas disposições das casas da Ásia oriental. Foi assim que importamos a idéia das varandas. Com muito gosto!

6 comentários :

  1. Delícia de post e delícia a sua casinha. Um abraço


    www.esteemeujeito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. passeando por aí achei seu site/blog. Adorei tudo e me identifiquei muito com você. Li sua entrevista e penso exatamente assim. Moro em Brasília e as pessoas não entendem minha opção por ser dona de casa e adorar. Vou voltar sempre. Bjokas.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Talita!
    Gostoso ler esse post, porque (e não sei como) era como se eu sentisse um ventinho gostoso batendo no rosto, daqueles que a gente sente numa varanda...rsrsrsrsrs

    Bonita a sua varanda. É um privilégio!
    Moro em casa também, mas ela não tem uma varanda como essa não. Dá para ter uma noção de como ela é nesse post aqui:

    http://femeablog.wordpress.com/2009/01/02/ninho-novo-ano-novo-novo-olhar/

    É uma casa que fica em condomínio e tem aquele estilo de que quando se abre a porta da frente, já estamos praticamente na área comum. Em contrapartida, a área externa da parte de trás (e privada) é de bom tamanho. Lá nós fizemos um terraço gostoso para relaxar. Lá já tem rede, mas só. Ainda vamos decorá-lo, e quando ele estiver no ponto que desejamos, vai ser muito mais gostoso. Digo isso porque já aproveito bastante a rede e a sensação boa de estar numa área externa onde posso escutar passarinhos e o barulho do vento. É muito bom! Dia desses fiz um post inspirado nele (no terraço) com dicas de decoração para varanda. Se te interessar, talvez sirva de inspiração para a sua. Está aqui ó:

    http://femeablog.wordpress.com/2009/02/22/varanda-terrao-rea-externa-tudo-de-bom/

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você tá me "vigiando" e obrigada pelo comentário.
    Bjãozão

    ResponderExcluir
  5. Pois é, Talita!
    Sobre o movimento da criançada no condomínio você acertou! A rua fica tomada pelas crianças do condomínio fazendo algazarra, empinando pipa, brincando no parquinho, correndo de um lado para o outro. E sabe do que mais? A-DO-RO isso tudo... dá uma sensação tão gostosa de vida ao redor de mim... Eu não sentia isso quando morava em um apartamento. E ainda mais que era um condomínio onde só moravam casais ou jovens solteiros. Humpf! Muito sem graça.

    Sobre a rede, sabe que somente descobri que gostava dela depois que instalamos uma? Na casa de meus pais nunca teve rede, então não havia aprendido a gostar. Meu marido é quem quis comprar, e porque eu dizia que não fazia questão, optamos por comprar uma de solteiro porque eu nem imaginava que iria gostar tanto de ficar por lá...
    Resultado? Hoje ele quase não usa (nem sei porque) mas eu sempre estou por lá: faço unhas lá, leio revistas e livros, fico a toa ouvindo o som dos passarinhos e tomando ar fresco, e até a web acesso de lá. Tudo de bom!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Talita, que linda varanda, eu sou louca para ir ao interior e morar por lá, viver uma vidinha digna.
    Sua casa me lembrou o interior paulista querida.
    bjs

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.