Dia bonito este, não?

by - 10.5.09


Essa história começou no dia primeiro de janeiro de 2001. Eu era lá uma mocinha ainda muito tímida, recém saída de um internato de um ano na Nova Zelândia. O destino penou comigo pra me forçar ir àquele baile. E fui, de carona – coisa que fiz pela primeira e última vez na vida. Fui porque havia algo dentro de mim que me forçava, desrespeitava minha mente contrariada, mas que de tanto incomodar fez-me achar que o racional tinha que ganhar asas por um período.



E que boas férias dei à minha insistente racionalidade! Foi o encontro mais lindo que já existiu e vivido por mim e por ele. Foi um olhar pro outro e identificarmos uma vida inteira juntos. Se fosse filmado, haveriam lágrimas quantas e quantas vezes assistidas.



Enfim... aquele foi o dia em que resolvemos ser uma família. E uns 6 anos depois concretizamos a alegria de saber sobre uma gravidez que sempre desejamos apesar de acharem muitos que nos precipitamos... Ha, ha, ha! Mal sabem todos!



Chegou então o dia de recebermos nos braços nossa filha. Como ela não dava sinal de que queria sair do aconchego da barriga da mamãe (que gravidez tranquila e bonita eu tive!), tivemos que ir atrás dela. Ligamos pra Dr. Sinésio. Marcamos pra manhã seguinte, uma segunda-feira. Depois de 42 semanas nutrindo minha pequena dentro de mim, ela nos fez muito felizes ao dar seu primeiro gritinho às 8h30. Ah! E menos de uma hora depois lá estava ela mamando o leite que ela só deixou aos 10 meses. Colocada sobre mim, guiou sua boquinha através do cheiro. Meu cheiro! Gente! A beleza da maternidade pode ser definida de diversas formas. Mas, digo sempre, se uma mãe pode amamentar, ela viverá momentos maravilhosos, inexplicáveis, desde que cuide da sua mente pra saber a hora de parar – porque o bebê tem que criar independências e você também precisa saber que ser mãe é ver o filho crescer e tomar suas próprias decisões. E que cresça com segurança, né?



Nesse momento, minha filha acaba de acordar de sua soneca da tarde. Ela faz 2 aninhos daqui a um mês. Parece que foi ontem que me tornei mamãe e, ao mesmo tempo parece que fui mamãe a vida inteira. Pode? São sentimentos inexplicáveis porque nos tornamos uma pessoa diferente. Ser mamãe é pensar sempre no filho primeiro. É chamar atenção e sorrir em seguida. É preocupar-se com coisas que outros que não mães e pais possam até achar que é exagero. Ser mãe é sentir todos os amores que a vida pode oferecer-nos e, nesse estado, a felicidade faz primavera, verão, outono e inverno e cria raízes dentro da gente.



Minha filha é a cara do papai e não há nada melhor que vê-lo nela. Foi ele quem me presenteou com a maternidade e somos os três um amor só. O dia das mães e o dia dos pais, no meu entender, é um só – não se separa. E sabe que dia é esse? É hoje, foi ontem e será amanhã... sempre assim. Eu sou uma mamãe e assim me defino. Quer coisa mais complexa? Feliz dia das mães pra todas mulheres que já são, estão esperando ou querem ainda se tornar M...A...M...Ã...E...S



Um beijo especial pra Jaque que acabou de se tornar mamãe (do Daniel)!

Um beijo especial pra Débora, minha amiga, que acaba de receber a mais linda das notícias!

Um beijo especial pra Aninha, uma amiga linda que também está esperando...

Um beijo especial pra Pri, gravidíssima e já passando da metade dessa espera ansiosa.

Um beijo especial pra minha sogra, Sandra, que é a mamãe do meu maridão.

E um beijo todo especial pra minha mãe que tanto fez e faz por mim.


E outro beijo especial pra vocês!
Talita.

You May Also Like

10 comentários

  1. amiga querida,
    Que linda história! Que definição linda do que é ser mãe. Feliz Dia das Mães com muitas bençãos do Papai do Céu pra sua família. Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Que história linda!!!!
    Parabéns pelo seu dia, ainda não senti essa emoção mas estou começando a pensar no assunto e quem sabe em breve saberei o que significa ser mãe!!!
    Bjs e um maravilhoso Dia das Mães!!!!

    ResponderExcluir
  3. Amei !!! Parabéns para vc Talita !!! Adoeri rever vc e sua filhota ! Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiê!
    Passei pra te desejar um belo dia das mães!
    Q teu lar seja sempre harmonioso e
    feliz!
    Beijos,
    Maura
    (coisasdamaura.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  5. Um beijão prá você também Talita.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns para nós, anjos escolhidos por Deus para ser MÃE!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Amiga,

    Acabo de chegar em casa, já são 22:10 horas. Queria muito ter te ligado hoje. Acabei esquecendo o celular aqui. Mas pensei muito em você. Você para mim é um exemplo de mãe. Quero muito me inspirar em você. Especialmente hoje rezei por você. Pedi a Deus por todas as maezinhas do mundo, inclusive obviamente a minha, que tanto amo! Que Deus abençoe sempre a você e sua família. E que vocês continuem sempre sendo essas pessoas tão acolhedoras e amigas. Feliz dias das mães, hoje e em todo o resto do ano. Afinal, mãe é mãe todos os dias. Beijos calorosos dos amigos Débora e Rodrigo

    ResponderExcluir
  8. Gente! Obrigada pelas palavras. Amei receber de vocês um feliz dia das mães.
    Um beijo grande,
    Talita.

    ResponderExcluir
  9. Que bonita essa história!

    Parabéns pela família bonita!

    bjus

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pelo seu lindo texto.
    Estou em férias, curtindo a minha mãe na casa dela e só hoje li seu texto. Quanta felicidade e quanta emoção.... adorei a lembrança!

    Parabéns para todas nós!

    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.