FILME: Eu sou a lenda

9.5.09 Talita Cavalcante 1 Comentários



Nesses tempos em que se teme uma pandemia de gripe para a qual não há vacina, lembrei-me desse belo filme com Will Smith. Eu sou a lenda é um filme de ficção científica (graças a Deus!), mas que nos disperta para o fato de que vírus matam e se transformam. Will Smith faz o papel de um pai que vê sua família morrer tentando salvá-la e, mais tarde, torna-se o único sobrevivente do vírus letal que acometeu os moradores da cidade de Nova York. Enquanto tenta buscar a cura, também está atrás de algum outro sobrevivente. Encontra uma mulher e um menino - a atris é brasileira! O final não posso contar.


Uma nota: acho uma irresponsabilidade pessoas que não tem qualquer obrigação com viagens se deslocarem do país, principalmente para aqueles países que já sofrem com uma epidemia desse vírus que já não chamamos mais de suíno por respeito aos produtores ( já que este não é transmitido pelo consumo da carne de porco). Fica aqui registrada minha total admiração com aqueles que insistem em viajar a lua de mel, para fazer enxoval ou simplesmente pra dar um passeiozinho... São esses que já na altura dos acontecimentos poderão realmente trazer mais desse vírus pro Brasil. Passar para marido, filhos, pais, amigos... e aí teremos uma epidemia também aqui. Independente da letalidade desse vírus, bom senso e pensamentos coletivos estão ainda em falta pra alguns. Por favor, gente! Se acaso tiverem mesmo que ir, pelo menos na volta façam 'quarentena' de sete dias, lavando muito as mãos e tendo contato com o mínimo de pessoas possível. Eu agradeço por mim, por minha família, por meus amigos e pelos seus também.

Um comentário :

  1. Ah eu vi tb adorei esse filme! so o final que fiquei decepcionada, pq meu lindo namorido me fez acreditar que ele morria no final e ficava uma coisa meio terror, eu acreditei fielmente nisso! e no final?! rsrs
    Ah! quando ao seu comentário mas uma situação de vivencia em sociedade! As pessoas se "preocupam" apenas quando já está no limite, ou seja, qd a doença já se espalhou mundo a fora, enfim!!

    bjs

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.