LIVRO: O livreiro de Cabul


O livreiro de Cabul é um livro que incomoda e mostra muito da vida íntima de uma família do Afeganistão. Sua autora passou uma temporada de alguns meses na casa dessa família (sempre com sua burca) cujo chefe é dono de uma livraria que já sofreu diversos ataques inclusive um incêncio. Os livros vez ou outra precisam ser traficados - alguns títulos escondidos. A política do país e o período pós-guerra em que a autora lá se encontra mostram a ela dificuldades dos próprios filhos daquela terra. Fora esse lado, o livro também, e na minha opnião é o que o torna tão especial, mostra profundamente o que sente as mulheres dessa cultura de uma sociedade islâmica. O poder de uma primeira esposa ser totalmente levado a nenhum significado quando o marido casa-se com uma segunda mulher mais jovem e mais desejada. Os sentimentos conflituosos de um pai por seus filhos - há até aqui hierarquia? Este realmente é um livro enriquecedor.

You May Also Like

1 comentários

  1. Que interessante! Não sabia esses detalhes sobre o livro. Vou atrás. Ótima pedida.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.