Nota: falecimento de Michael Jackson

by - 26.6.09

Ontem (25 de junho de 2009) à noite, depois de saber da morte de Michael Jackson, assistíamos o canal Globo News, que comentava o assunto, quando entrou ao vivo um crítico musical chamado Arthur Dapieve. Ele, claramente contrário ao estilo de vida do cantor, disse: "A morte de Michael Jackson é mais uma jogada de marketing".

Detalhe: Michael Jackson faleceu devido à um infarto! Será que o crítico suspeita de suicídio????

You May Also Like

16 comentários

  1. Nada a comentar, quando o assunto é hipocrisia e falta de humanidade com alguém que simplesmente morre e julgado pelo seu estilo de vida. Lamentável.
    :|

    ResponderExcluir
  2. É realmente lamentável! Ele deveria começar seu trabalho pela autocrítica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Passei para desejar um bom final de semana!
    Maura
    (http://coisasdamaura.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  4. Demorei um bocado pra acreditar que o Michael tinha partido. , comentando aqui em casa enquanto não saia a confirmação do falecimento, que este seria mais um caso como o do Elvis , pessoas ainda vão jurar de pé junto que ele não morreu.
    apesar de não curtir suas musicas, entendo o valor que ele tem para a musica pop.
    uma pena, mas se pensarmos bem ele já tinha uma certa idade, astros do rock costumam morrer mais cedo...

    ResponderExcluir
  5. Que pessoa mais sem senso, mas sem respeito pela morte dos outros.
    Se ele não gostava dele ou sentia inveja, o melhor era calar-se!
    Lamentável!

    bjks e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  6. O nome correto do jornalista, sim ele é jornalista, é Arthur DAPIEVE.
    Vou traduzir: Ele quis dizer que a morte do cantor poderia ser uma jogada de marketing, sim. Por que não, nesse tempo de loucos? Ainda mais que uma nova tournê do cantor estava às portas de acontecer e as notícias sobre sua morte, muito desencontradas.
    Sempre gostei e vou continuar gostando do cantor Michael Jackson, mas vamos combinar que como pessoa ele era um ser extremanente atormentado, coitado.
    Que a Luz se faça agora!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. Não dá pra entender essas pessoas famosas, tem tudo na vida e não tem nada! Sinceramente não duvido e não acredito em tudo que dizem. Morreu e ponto. Tem horas que não podemos encontrar justificativas pra morte, a não ser que é a única certeza que temos na vida. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Acho que o mínimo que temos que ter por qualquer pessoa é respeito.
    Ele era sim um atormentado, surtado, deformado, mas acredito que acima de tudo (inclusive da grana que já teve) ele era extremamente solitário e INFELIZ.
    Não tenho vergonha em dizer que fui fã, da geração que ouvia, adorava e imitava Michael Jackson.
    Que ele se encontre, finalmente!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Neste nosso mundo louco nada me surpreende. Cadê o advogado que está desaparedido?
    Há, temos tanta coisa para nos preocupar!
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  12. É uma possibilidade existir tal suspeita. As pessoas não têm condições de saber exatamente o que acontece com os famosos além do que a mídia anuncia, e não existe imparcialidade. Então, não dá para ter absoluta certeza de nada.

    ResponderExcluir
  13. Em relação ao Jornalista,sinto pois se ele não respeita e não admira o alheio fazer o que o mundo não é perfeito,e ninguem é obrigado a nada.
    Agora em relação algumas pessoas dizerem que entendem o cara,porque acham que realmente poderia ser um grande golpe de marketing.Afinal as pessoas nunca sabem da verdade de um astro,vou ser obrigada a sentir mais uma vez,contudo essas pessoas não devem estar assistindo a nenhum notíciario,ja estão quase velando o corpo do coitado ou melhor do musico mais notável de toda uma geração e ainda tem duvidas?
    O ser humano é gozado né?

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.