Hoje tem casamento!

6.11.09 Talita Cavalcante 4 Comentários

Hoje se casa minha irmã de coração.
Uma amiga que fiz por consequência do acaso.
Pois eis que ela é irmã de quem me conquistou a alma.

Casamento pra mim é uma maravilha.
Mas não estou falando aqui da cerimônia ou da festa.
Esses são lindos também, mas são apenas um ritual de passagem - que passa!

Falo do casamento, ato diário de companheirismo.
Tem coisa mais bonita que querer todo dia acordar ao lado de quem se ama?
Ir dormir com ele?
Sentir saudade e até uma agonia se por acaso não puder estar junto um único dia?
É esse casamento que falei ser uma maravilha. Esse casamento que com amor de verdade não passa nunca.
E é esse casamento que desejo pros noivinhos do dia de hoje.

E hoje tem festa de arromba pra comemorar a beleza do casamento desses dois queridos.
Uma festa feliz e sincera, de um dia que será sempre gostoso de recordar.


Queridos Dedêi e Íz,
Vocês merecem as palavras mais lindas, gostaria de poder conseguir dizer o quanto estamos felizes que o dia de hoje chegou com tamanha alegria e tranquilidade e que queremos fazer parte sempre de todos os momentos mais felizes.



4 comentários :

  1. Também estamos radiantes por esta união!!!
    Que Deus abençõe sempre esta nova família que se forma!!!
    Hoje vamos comemorar!!!
    Beijos e muitas felicidades aos noivos.

    ResponderExcluir
  2. Que Deus ilumine e abençõe essa união.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. Amo esse ato de amor!!

    Amanhã também se casa minha irmã de coração e meu filho vai ser pajem, estou tão feliz e emocionada!!!

    Parabéns para seus amigos queridos e que o amor perdure por toda vida!!

    ResponderExcluir
  4. Talita
    Eu adoro a cerimonia do casamento
    Parabenizo aos noivos e desejo toda a felicidade deste mundo.
    E que coma um quilo de sal , pois diz o ditado que só se conhece uma pessoa após comer um quilo de sal.Vai ter muito tempo para se conhecerem.
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.