Eu amo! E você?

by - 7.12.09

Assisto várias e várias vezes, tantas quantas oportunidades tiver, ao filme 'Orgulho e preconceito'. Assim como adoro reler partes do livro que o inspirou. Sei falas de cor, gestos estão gravados em mim. Talvez até tenha eu adotado peculiaridades da personagem principal pra mim mesma.

E é fato que toda vez que assisto, meu coração dispara de admiração ao amor brotado na alma do casal da história. É lindo como vejo semelhanças ao que penso e vivo do amor que sinto. A minha história de amor é carregada de significados, de porquês de ser e, ao mesmo tempo, dotada de magia, de acaso, fortuito e almas marcadas. Não sou quase nada sendo só Talita. É como se o meu significado e a minha descoberta fossem multiplicadas cumulativamente porque vivo ao lado do amor. Meu amor. Minha história poucos tem coragem de conhecer porque é forte, tem um poder tão lindo quando o da cena mais romântica de filmes de amor. Chorar de alegria é algo que me pertence. Fazer um balanço do amor é correr o risco de rir em lágrimas.

Eu amo! E você?

* Meu lindo, meu amor! Senti uma vontade danada de colocar no papel e contar pra quem quiser ler um pouquinho daquilo que me faz a mulher mais feliz do mundo!



You May Also Like

1 comentários

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.