Prêmio Nobel

by - 15.12.09

Aproveitando que no último dia 10 ocorreu a cerimônia de entrega do prêmio Nobel da paz, esse ano entregue ao presidente dos EUA, Barack Obama, venho falar dos prêmios Nobel.



Barack Obama recebendo o prêmio Nobel da Paz, 
em Oslo, capital da Noruega.

Acho interessantíssima a origem e a motivação do prêmio. Alfred Nobel foi quem inventou a dinamite, responsável por muitas mortes desde que surgiu. E era chateado com o fato de uma invenção sua ser tão usada  em ações militares e causar tantas mortes. E em seu testamento (redigido em 1895), deixou toda sua fortuna, mais de 32 milhões de coroas (moeda oficial da Suécia até nos dias de hoje, já que o país não aderiu ao euro), para a criação de uma instituição que premiasse em dinheiro pessoas que fizessem algo relevante para o bem da Humanidade. E com sua morte, foi criada a Fundação Nobel que desde 1901 destina os rendimentos do legado de Alfred a cinco prêmios das seguintes áreas: Física, Química, Fisiologia ou Medicina, Literatura e Paz.

Relevante saber...

Todo ano o prêmio é entregue no dia 10 de dezembro e a soma do prêmio (além da medalha de ouro e certificado) varia de acordo com o rendimento da fortuna de Alfred Nobel administrada pela Fundação. E esse ano o valor do prêmio individual foi de 1 milhão de euros (O Barack tá bem, né não?).

Quem decide quem será premiado (e não há regras para sua nacionalidade) são instuições distintas que nada tem a ver com a Fundação Nobel. São instituições respeitadas na Suécia das áreas da premiação, com exceção do Nobel da Paz decidido pelo parlamento Norueguês.

Há um boato que Alfred não criou o prêmio de matemática porque sua suposta amante ou suposta mulher a quem propôs noivodo o teria rejeitado por um matemático, mas é só um boato.

Alfred Nobel também não criou o prêmio de economia, mas este existe em sua homenagem, mas nada tem a ver com a Fundação Nobel.



You May Also Like

1 comentários

  1. Eu já conhecia esta história... já que você gosta tanto de prêmio Nobel, vou te indicar um livro muito bacana, que conta algumas "sujeiras" que existe no meio científico. Chama-se " As dez maiores descobertas da Medicina",fala de várias descobertas que levaram ao prêmio Nobel. O mais interessante e que conta as fofocas dos bastidores, e segundo o autor, muita gente que levou o prêmio, não merecia ganhá-lo, pois roubou o trabalho de outra pessoa.Ele conta que na verdade quem descobriu o DNA não foi Watson e Crick, foi uma outra pessoa que chegou no laboratório deles, com os resultados mas não sabia interpretá-los. Não vou contar mais senão vai perder a graça, mas vale a pena ler, é muito interessante e bem polêmico! Beijo grande! Paulinha

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.