A casinha amarelinha

by - 22.2.10

Houve um tempo em que eu e meu marido nos mudamos pra uma casinha amarelinha. Muito linda, uma doçura de lar, daqueles bem açucarados. Pois nessa casinha amarelinha morávamos quando nossa princesa nasceu. E alí ela aprendeu a andar e chegou a engatinhar as tábuas todas... corridas eram apostadas, risadas dominavam o ar. E foi nessa casinha também que ela aprendeu a falar. Da porta de entrada víamos toda a casa, até seu último ponto... peculiar. Amamos, aprendemos, construímos coisas lindas durante o tempo. E esse, 4 anos, foi perfeito porque a casinha amarelinha nos foi amiga, nos foi companheira feliz e sorridente. Obrigada, querida casinha amarelinha, por todo o tempo a nós dedicado, por toda graça a nós nos proporcionado, por tudo mesmo! É difícil falar de você sem saudade. Mas essa saudade não é triste. Quando ela bater forte, vamos aí passar em frente, ver se cuidam bem da sua fachada, do lindo jardim que  ajudamos a enriquecer. Será que os novos moradores vão descobrir que bem alí no cantinho, perto daquela árvore diferente há gengibre debaixo da terra? Será que vão imaginar quantas horas de dedicação meu marido passou consertando isso e aquilo? Reformando o teto do banheiro? Trocando as tomadas antigas? Criando um artifício para que a água da chuva não mais inundasse a casa? Será que vão imaginar a alegria que alí dominou com nossa estada? Só quero, querida casinha amarelinha, que continue sempre contente e que todos que aí morarem te deem muito orgulho também. Tomara que aguem as plantinhas lindas, que vejam que lindos lírios você tem. Grande privilégio! E talvez não sejam à toa amarelos! Tomara que se lembrem de podar a bouganvile que plantamos e está enorme! É uma proteção natural que demos ao muro baixo que tem aí. Lembro até hoje do dia que meu marido comprou as duas mudas e as plantou. Parece que foi ontem, mas já faz mais de ano!

Obrigada, casinha amarelinha, você foi muito importante pra nós. Que casa festeira tu era, hem? Ajudou-nos muito bem a receber tantos amigos. Quase toda semana tinha festa, que alegria! Nosso muito obrigada por cuidar da gente por todo esse tempo. Sofia sempre adorou a ´caginha´ dela. E hoje ela manda dizer obrigada a você e conta que ´gostchou da caginha nova´. Escrevo dela agora... é um apartamento. E nos recebeu de braços... quero dizer... de portas e elevadores abertos (rs)! Vai também nos acolher por um tempo com muito carinho e nos proporcionar momentos tão lindos quanto os que tivemos na nossa querida casinha amarela. E a casa festeira continua por aqui também. Ainda com caixas e afins a serem desfeitos e no estado de ainda não sabermos onde qualquer coisa se encontrava.. ´procura aqui´, ´procura alí´, recebemos amigos pra um jantar 2 dias após nos mudar. Desde o primeiro dia o fogão já funcionava muito bem, obrigada (rs). E não é que já tenho uma lista nova enorme de ótimas receitas pra postar?

Outra hora conto mais casos, mas preciso hoje dar notícias. A isso vim! Há mais de 2 semanas não tenho internet. As postagens que aqui apareceram até certo dia que já nem sei bem qual, eram programadas. Acessei rapidinho da casa da minha sogra durante o carnaval e devo dizer que me assustei com o número enorme de e-mails acumulados. Essa semana vou me organizar pra dar conta de não deixar ninguém sem resposta. Uma amiga que reencontrei essa semana me disse que sou ´toda programadinha´. Isso teve dois lados, mas o que na vida não tem, não é? Admiro quem consegue lidar melhor que eu com o não planejado, mas eu funciono melhor quando planejo antes. Acontece que por falta de tempo não pude avisar vocês que teria de abandonar o dona perfeitinha por alguns dias. Mas acho que nem notaram, notaram? Teve o carnaval no meio da história e isso foi ótimo. Tentamos ir descansar da mudança na nossa terrinha natal, Ponte Nova, mas lá estava tão quente, tão quente que ficamos lânguidos, um estado parecido de hibernação, sei lá. De volta à nossa nova casinha, o ritmo ainda é de arrumação. Os quadros, aos poucos, escolhem e se instalam nas paredes. Meu marido já instalou trincos, olhos mágicos, trocou chuveiro, instalou espelhos, contratou internet... Eu já limpei as paredes, já fiz de uma das varandas uma floresta de vasos, já comprei apetrechos necessários, já coloquei quadro até nos banheiros - tô fazendo uma festa por aqui - querem que eu mostro? - tô fazendo o estudo da casa pra entender o melhor feng shui pra ela, tô sentando pela primeira vez na minha mesinha de trabalho... Vieram instalar telas, vieram puxar a fiação da TV... Enfim... já estamos de novo à rotina normal, mas numa casinha maior com um quartinho a mais. Nossa princesa já tem seu quartinho de bailarina. Nós mesmos pintaremos e a cor da parede que ela escolheu vocês já devem saber... "roginha"... claro! Tem coisas que nunca vão mudar... e nossa felicidade se inclui nessa lista!

Voltei! Você ainda está por aqui?

You May Also Like

11 comentários

  1. Oi Talita,

    Senti mto sua falta aqui. Todos os dias acessava e vc não tinha aparecido. Tb passei o Carnaval em Ponte Nova e realmente o calor lá estava demais!
    Desejo-lhes mtas felicidades na casinha nova!
    Bjos.
    Marisa.

    ResponderExcluir
  2. Oi Talita,
    Eu já sabia da sua mudança porque estive com a Sandra e ela comentou comigo, mas como você ainda não tinha comentado sobre isso...
    Eu adoro mudar! Gosto mesmo. Acho que tudo se renova. Junto com uma casa nova sempre vêm novas esperanças.
    Que vocês sejam muito felizes na nova casa, na nova cidade, nesta nova fase da vida!
    Beijos!

    Ah! Estou esperando para ver as fotos...

    ResponderExcluir
  3. Claro que senti sua falta Talita.
    Na realidade, pensei que tivesse viajado durante o carnaval e isso explicava o sumiço na última semana.
    Que bom que o motivo foi especial.
    Boa sorte pra vocês aí na "caginha" nova e que continue sendo um lar de gente feliz!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. passei prá desejar que voces continuem sendo muito felizes na nova "casinha" um grande abraço sissi

    ResponderExcluir
  5. que post mais fofo, fiquei vontadde de visualizar a casa amerilnha....que o amor continue neste novo lar!!

    ResponderExcluir
  6. Minha linda que história bacana, não deixe de nos mostrar o antes e o depois, heim?!
    e OLHA, obrigada por reservar dois minutinhos do seu dia para celebrar comigo, um dia muito especial para mim!
    Que Deus lhe dê tudo em dobro e que nossa amizade seja eterna!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. eu tô aqui... rsrsrs

    quero ver fotos!!!!

    beijinho

    ResponderExcluir
  8. Também tenho muitas saudades da casa onde passei minha infância. Era uma casa de vila (vila militar), com um quintal imenso, muitas árvores, bichos. Eu e meus irmãos curtimos muito a infância. Brincávamos de manhã até à noite. Aprendemos a conhecer e cuidar da natureza... era tudo! Foi muito bom e dá muitas saudades. Por ter passado uma infância maravilhosa em uma casa é que eu quis morar em uma casa também para poder criar minha filha.
    bjs.
    andrea, mamãe da Manu
    manias de ser MÃE.blogspot

    ResponderExcluir
  9. Também está mudando amiga?? Olha, apesar do apego por sua casinha amarela, do bons momentos vividos...renovar é sempre muito bom! Vida nova em lugar novo...ai ai, sem contar a delícia que é decorar tudo novamente ne?

    boa sorte amiga...que vc seja muito feliz no seu novo ap.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Marisa,
    Que recadinho mais lindo! Obrigada! Quero te entrevistar, viu? Tô esperando seu e-mail.

    Oi, Sandra,
    Chará da minha sogra... hehehe. Ela não me contou que encontrou com você! Mudar tem suas delícias mesmo.

    Oi, Kelly,
    Obrigada pelo recadinho. Sempre acho que ninguém perceberia, mas fiquei muito feliz de saber que sentiram falta das postagens por aqui. Acho que isso é sinal que tenho feito coisas legais, né?

    Silvana,
    Sissi,
    Roberta,
    Cíntia e
    Dani,
    Obrigada pelas palavras. Adorei. Pode deixar que publicarei muita coisa a respeito.

    Oi, Andrea,
    Legal se lembrar assim da infância.

    Aninha!
    Agora sou eu quem mudou. Também de uma hora pra outra. Vou me inspirar em muitas dicas suas pra casa nova, viu? Adoro! Obrigada por passar aqui e me deixar um recadinho tão lindo.

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.