Pais

3.2.10 Talita Cavalcante 5 Comentários

Acho difícil lembrar de mim mesma quando criança. Por fotos, só quando olho pros olhos da garotinha é que vejo que sou mesmo eu alí! Quando posso entender o que se passava. Eu cresci, mudei a fisionomia, comecei a entender coisas que naquela época eram um problema pra mim. Eu era cheia de perguntas não respondidas. Me sentia sozinha na maioria das vezes. Algo estranho? Pra alguns apenas, pois hoje conheço várias pessoas que foram crianças parecidas.

Ser criança é uma fase necessária e difícil. Pensam que é fácil? Você está sendo moldado por pais que podem ser bem diferentes de você. Adorei as páginas amarelas da revista Veja dessa semana. Acho que deve estar todo mundo comentando. O psicólogo Jerome Kagan realmente falou sem pudor em resposta às perguntas e falou bonito. Precisamos tentar aprender com estudiosos de assuntos comportamentais como ele. Como mãe e como filha, adorei confirmar através da entrevista que li, fatos sobre os quais desconfiava. O assunto central da ansiedade caminhou por genética, cultura e valorização que um filho ganha ou não de seus pais, essa última palavra sendo algo que me toca demais. Leiam... vocês vão gostar!

Adoro ser mãe. Adoro ser esposa de alguém que é um paizão. E sou especial como mãe. E tenho um marido que é especial como pai. Tenho sorte de ser feliz com tudo que recebo. E ai de alguém que me queira calar a felicidade! Ai, ai, ai! Falo mesmo dela sem pudor porque é uma escolha pessoal. Quando se cala sobre ela, tenho a opinião que se a transforma em algo ruim e que mal se faz aos que mais necessitam do bem. Se alguém quiser ficar triste com uma alegria minha que fique sozinho, não venha transformar meu sentimento. Quando fiquei grávida, não éramos casados no papel, na igreja e nem morávamos juntos. A sociedade é muito hipócrita. Os que mais me criticaram foram aqueles que justamente atrás dos panos vivem infelizes. Eu e meu marido sempre fomos muito felizes com tudo, nunca reclamamos e somos mesmo um casal de verdade. Isso existe! Tristezas soubemos trilhar assim como deixar as dificuldades passarem para darmos um passo a mais em algum sonho. Continuamos a fazer isso e sem mal nenhum causar a ninguém. Nunca nos envergonhamos de nos amar e de nos proteger acima de tudo. Com nossa filha e se Deus quiser com mais um ou dois, somos pais realizados e atentos, felizes e completos. E ai de quem nos critique, ai de quem queira se interferir em algo que pertence apenas a nós. Somos papais leões e defendemos a felicidade um do outro e a dos nossos filhos.

Já que estou falando de maternidade e paternidade, vou ser titia, gente! Minha filha vai ganhar priminho ou priminha. Tô tão feliz com isso! Minha cunhada está grávida e eu estou espalhando a notícia. Minha cunhada é alguém muito especial pra mim. Ela é uma das pessoas mais focadas e fortes que já conheci e, recém casada, já estávamos cobrando dela e do nosso cunhado um priminho pra nossa pequena. E não é que eu cantei a pedra no final de semana? Taí a beleza da vida. Filho é a coisa mais linda e estou super encantada em ver que minha cunhada de quem gosto tanto vai conhecer toda essa maravilha, todos esses sentimentos lindos que a gravidez e a maternidade nos presenteiam. E ela vai ser uma mamãe natural, vai descobrir que nasceu pra isso.

 Gabriel García Márquez escreve cada coisa bonita...
"É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem sabe ver".

5 comentários :

  1. Parabéns Titiaaa! :D É ótimo quando nasce uma criança na família, a alegria é geral! :D Adorei seu texto e realmente ngm tem direito de estragar sua felicidade! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Hmm parabéns titia!!! Estou procurando um post que vc fez, não faz muito tempo, com uma cerimonialista.. eu lembro que deixei para terminar de ler depois e .. depois não encontrei mais!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a mais nova gravidinha do pedaço!! Tmb ficamos super felizes com a boa nova!! Lucas vai ganhar mais amiguinhos!!! Maternidade é tudo de bom e o sentimento pelos pequenos é indescritível!!! Estou babando na cria... até o chorinho dele eu acho lindo!!! Vai entender nós mães, não é amiga? beijos em todos

    ResponderExcluir
  4. Oi,Débora,
    Obrigada!

    Laly!
    Aqui está o link pra postagem:

    http://www.donaperfeitinha.com/2010/01/bate-papo-de-blogueiras-edicao.html

    Tia, Débaba,
    Sofia tá dizendo que Dedêi vai ficar igual você quando Luchacha ainda estava na sua barriga(rs).

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo isto que vc escreveu!! Amei!!! A maternidade deve ser linda mesmo, um dia saberei rsrsrsr! Até imagino a felicidade de Sandra gente!!!!! Mando um abraço para ela e Aline!! Beijao e saudades de vcs! Paulinha

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.