Tá procurando o quê?

Risoto de carambola e filé para acompanhar

Risoto de carambola é minha especialidade. É o top dos pratos preferidos de 3 dos 3 daqui de casa, ou seja... eu, meu marido e Sofia. Nossa princesa bate um pratão mesmo! E apesar de já ter dado uma vez o nome risoto de carambola a uma postagem antiga, as fotos eram de risoto de funghi secci e, portanto, só hoje venho publicar as fotinhas passo a passo da minha receita preferida, elaborada por nós e da qual temos o maior orgulho, rs.

Sempre digo que fazer risoto exige um ritual com o tempo quase cronometrado. Isso porque risoto não pode ficar macio demais, seco demais... enfim. E com a experiência, vamos adquirindo maestria em prepará-lo cada vez melhor. Hoje, através das fotinhas, dou as dicas de como costumo fazer para que o risoto fique perfeito, servido na hora certinha.

obs.: Segue receita para 2 pessoas

Ingredientes:
1 xícara de arroz arbóreo
2 cebolas médias picadas em cubinhos
3 cubos de caldo de galinha com azeite
1,5 l de água
1/4 de xícara de vinho branco seco
3 carambolas grandes picadas em cubinhos
Queijos ralados: apenas parmesão ou parmesão e gorgonzola ou parmesão e prima donna ou parmesão e old dutch master ou parmesão e vicent ou todos esses misturados

PREPARATIVOS (fotos 1 e 2): A primeira coisa a se fazer é colocar para ferver cerca de 1,5 litro de água com 3 cubos de caldo de ´galinha com azeite´ (ou galinha ou peito de frango ou o de sua preferência). Depois, lava-se o arroz arbório, próprio para risotos (medida de uma xícara cheia para duas pessoas comerem bem).

(fotos 3 e 4): Na panela em que for preparar o risoto, refogue em um pouco de óleo a cebola picada e tampe até que ela doure e reduza. Acrescente o arroz já lavado e refogue. Desgrude o que tiver grudado na panela e acrescente um pouco de vinho branco.

(fotos 5, 6, 7 e 8): Depois que o vinho branco secar, desgrude o arroz da panela e coloque 3 conchas do caldo de galinha que já está fervendo. Misture e tampe. A panela deve ser mantida na menor trempe e com o fogo baixo.

(fotos 9 e 10): Tampou a panela, deixe ferver por um minuto e desligue o fogo. Enquanto isso, vamos preparar outros ingredientes. Como o risoto não pode cozinhar muito, mas ele incha muito rápido (absorve o líquido), colocamos apenas uma porção de caldo antes de finalizar.

Com o fogo desligado, pode-se ralar os queijos de sua preferência com calma, assim como lavar e cortar as carambolas. (Os queijos mais baratos e cuja combinação fica incrível são o parmesão e o gorgonzola. Com apenas parmesão também fica ótimo. Mas quem quiser dar uma incrementada no sabor, além dos queijos da foto considere também o Prima Donna vermelho).




Com a carambola e os queijos ralados, podemos caminhar para finalizar o jantar. O risoto pede um acompanhamento como filé de boi, mas quem é vegetariano, poderá, por exemplo, fazer bolinhos de PVT grelhados. É legal um tempero ou um caldinho tipo barbecue. Para o filé, deixe sua grelha ficar bem quente antes de colocar os bifes já temperados com alho e sal e shoyo. Não mexa! Deixe a carne grelhar e marcar e só então vire e deixe no ponto de carne que gostar, mas nunca deixe que ressequem.

Retire os bifes e faça o caldinho com um pouco de vinho branco, água e molho barbecue. A vasilha da carne poderá ter sido aquecida anteriormente para preservar a temperatura. Nesse momento, finalize o risoto. O caldo deve ter sido mantido no fogo e já está fervendo de novo, coloque mais caldo até que fique numa quantidade ideal para servir (veja fotos posteriores):

Acrescente os queijos ralados e as carambolas cortadas, misture e acrescente mais caldo se necessário:
Essa é a textura ideal do arroz arbóreo e essa é a quantidade de caldo que o risoto deve ter. É hora de todos se servirem.
Vinho tinto pra acompanhar é sempre bom!

Vai um risotinho de carambola aí?

Que tal minha receita preferida? Gostaram?

8 comentários:

Kelly 30 de abril de 2010 11:38  

Me pareceu delicioso.
Eu adoro carambola, mas é uma pena que não posso comer.
Recomendações médicas por causa de cálculos renais.
bjs

Mônica 30 de abril de 2010 12:27  

Parece muito saboroso! Mas vamos ver se Andrea anima a fazer!
com carinho Monica

Felismara 30 de abril de 2010 12:52  

nossa, parece delicioso esse risoto...aaa mais eu vou fazer sim...apropósito, estou te seguindo.

IDEIAS CRIATIVAS SEMPRE! 30 de abril de 2010 14:01  

ola querida,como sempre vc é muito detalista em tudo em que faz e isto me faz ser mais ainda sua fã não passo um dia,sem entrar no seu blog,amo mesmo verdade,nunca fiz um risoto,não parece ser difícil,nossa esta carninha me deu água na boca.bjus ótimo fim de semana! Leandra.

dona perfeitinha 30 de abril de 2010 16:50  

Kelly,
Ainda vou falar sobre a carambola por aqui. Ela não faz mal algum pra quem não tem qualquer problema com os rins, mas pra quem tem, ela é perigosíssima. Legal você dizer isso aqui. Obrigada pelo comentário.

Mônica e Felismara!
Façam mesmo. Vão adorar. Obrigada, Felismara.

Oi, Leandra,
Adorei saber disso. Adoro esse cantinho também. Por vezes acho que ele tem vida própria, rs. Você vai adorar fazer risotos... fica fácil depois de adquirir prática.

Beijos,
Talita.

Andrea 30 de abril de 2010 18:27  

Talita ,parece facil ,vou fazer ,,Vc já reparou que todas suas receitas a Monica quer que eu faça ;;rs
beijos e ótimo fimde semana

Fernanda Reali 2 de maio de 2010 17:19  

Ficou com um aspecto ótimo! Parecido com o risoto de champingnon que postei. Lógico que vou experimentar com carambola! Obrigada pela dica.
Bjs

dona perfeitinha 11 de maio de 2010 21:20  

Oi, Andrea,
Já reparei sim, rs. A Mônica não cozinha, né? E aí é você que tem que se aventurar... mas é gostoso... muito bom cozinhar.

Beijos,
Talita.

Oi, Fernanda,
Risoto não tem segredo, né? De champignon também gosto.

Beijos,
Talita.

Minha política é a alegria e seu comentário é sempre bem vindo. Trocar informações, experiências e sorrisos é nosso grande objetivo.

Respondo os comentários na própria postagem, mas poderá também receber por e-mail, caso comente com seu cadastro (conta de e-mail do google ou OpenID). Porém, pode ser que leve alguns dias, já que o volume de e-mails e comentários do blog é grande. Agradeço o carinho.

OBS.: O e-mail que uso para responder seus comentários não recebe respostas, portanto, se quiser me escrever novamente use os comentários ou replique a resposta para o e-mail donaperfeitinha@donaperfeitinha.com

Instagram
Twitter

Receba os posts

  © Obt. para dona perfeitinha.com - Todos os direitos do blog reservados - Copyright © 2013 - Veja nossa política de privacidade.

Para cima!