Volta pra casa: piada sem graça?

by - 13.4.10

 
Piadista ou comissária? Até pode ser as duas, mas separado. No meu entender, não dá pra juntar tais habilidades, pois aí fica uma sem graça e a outra pouco simpática, indo contra qualquer referência das classes. Que coisa mais fantástica!

Na fila do check in um descanso aliviado à corrida ridícula do traslado. Que 'sem noção' o motorista! Parecia perturbado. Mas aí foi só olhar pro relógio e perceber o grande atraso. E a consequência foi não encontrar poltronas lado a lado. O negócio era negociar com o dono lá dentro. Vôo atrasado em mais de hora. Por quê? Fomos saber lá dentro, depois do embarque. E antes que o dono da poltrona que queríamos desse as caras, percebemos um tumulto. Zum zum zum vai, zum zum zum vem, nos contaram que o atraso foi devido à uma manutenção de urgência. Pronto! Travei! Já não bastava a tristeza que me masserava a alma pelas famílias soterradas? Agora, com o vôo já autorizado, fiquei louca! Minha família tá toda alui. E pra piorar, outro zum zum zum... "parece que a janela do banheiro soltou na mão de alguém", disse um. E lá vem a comissária com a tal janela por baixo do braço. Pra quê? Fui checar a da poltrona da minha filha. E eis que ela também estava solta e por ter sido recolocada de qualquer jeito travava seu fechamento. "Comissária", chamamos. E ela nos vem com piadinhas do tipo... "Preocupa não que não vai despressurizar, mas fica atento porque se ouvir um barulhinho diferente aí você aperta esse botão do alarme aqui". Bincadeira! Companhia nova e aviões velharia. Provavelmente o valor da passagem tá menor que a de ônibus, tamanha a bagunça do povo lá dentro. Pra nunca mais! Pacote separado do aéreo de agora em diante. Aí eis que chega o anunciante dono de uma das poltronas e à nosso pedido, de cara fechada, só diz: "deixa a criança onde está". Vou te falar uma coisa.... deu medo do cara! E a solavancos chegamos mais de hora atrasados, mas felizes, vivos, mas não tão sãos assim. O antigo dono da poltrona levantou antes do permitido, negou os dois pedidos da comissária para que se sentasse, posicionou-se sobre o braço da cadeira e assim permaneceu até que o desembarque foi autorizado. Apesar de estar no fundão, provavelmente foi o primeiro a se safar. Pelo menos a cara dele não tivemos que encarar de novo... Só de lembrar, esqueço até do sacolejar que foi a uma hora e meia de vôo.
Religando os celulares, milhares de chamadas perdidas. Preocupação de quem se importa com a gente. Já tinham ligado até pra Infraero. Viajar é uma delícia, mas melhor ainda é chegar em casa depois de uma boa temporada fora, ainda mais quando o trajeto que nos trás mais parece uma piada sem graça.

You May Also Like

6 comentários

  1. Talit's, vc devia ter colocado o nome da empresa.

    Beijocas e bem vinda de volta.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Relaxa...tudo já passou.
    Está em casa sã e salva com sua família, isso é que conta.

    Bem vinda.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  4. Viagem estressante?Bobagem...está de volta, não deixa isso te incomodar!
    Cheiros!

    ResponderExcluir
  5. Que bom que soube lidar com a situação e relaxar depois de tudo passar...aproveite para descansar e não mais se preocupar, agora que de volta você está!

    RSRSRSRSRSRS

    =)

    Bjks

    ResponderExcluir
  6. Jú,
    Ainda não tinha vindo te responder... É uma tal companhia que comeja com ´Web´... e termina com ´jet´, rs.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.