Hipotiroidismo: eu tenho.

13.5.10 Talita Cavalcante 9 Comentários

Ter hipotiroidismo é saber que minha glândula da tireóide não produz a quantidade de hormônio tireoidiano que meu corpo precisa. E depois que fui diagnosticada, um único comprimido por dia supre essa falta de hormônio e é como se eu não tivesse doença qualquer. No meu caso, a doença que causa o hipotiroidismo é a Tiroidite de Hashimoto (mas a origem pode ser outra), uma doença autoimune que faz com que os meus anticorpos que deveriam defender o meu corpo, lutem contra as células da minha tireóide. Mas tomando o hormônio diariamente e fazendo acompanhamento rotineiro por exame de sangue para manter a dose necessária, a qualidade de vida é igual a de qualquer pessoa sem o problema.


Minha intenção em falar do hipotiroidismo, mesmo que da forma mais leiga da minha compreenção, é alertar sobre os sintomas da doença, porque eles são sintomas que afetam nossa qualidade de vida e nem sempre são devidamente diagnosticados. Dizem que no Brasil são 5 milhões de pessoas com hipotiroidismo e que a maioria não sabe. Àbaixo alguns sintomas (informações abaixo retiradas desse site) que podem significar que sua tireóide não está trabalhando direito:


• Cansaço;
• Depressão;
• Pele ressecada;
• Cabelos ásperos;
• Unhas quebradiças;
• Constipação intestinal (prisão de ventre);
• Anemia;
• Fadiga;
• Perda de apetite;
• Aumento de peso;
• Períodos de menstruação irregular ou ausente;
• Tornozelos e rostos inchados;
• Colesterol elevado;
• Às vezes, pressão baixa.


No meu caso, o hipotiroidismo foi uma evolução do hipertiroidismo que desenvolvi com a gravidez, mas pode acontecer principalmente para pessoas com as seguintes características:

• Mulheres, especialmente acima dos 40 anos;
• Homens acima dos 65 anos;
• Mulheres em período pós-parto (06 meses após o parto);
• Pessoas que já tiveram doenças de tiróide anteriormente;
• Pessoas com história familiar de doenças auto-imunes da tiróide (Tireoidite de Hashimoto);
• Pessoas que apresentem outras doenças auto-imunes como: Diabetes Tipo I, Lúpus e Artrite Reumatóide;
• Pessoas tratadas anteriormente de hipertiroidismo;
• Pessoas que estiverem em tratamento de radioterapia de cabeça e pescoço;
• Pessoas em uso de lítio ou amiodarona.


Portanto, minha intenção com essa postagem foi alertar e contar que tendo esse probleminha e cuidando é como se não tivesse. Vida normal, ok?


9 comentários :

  1. Legal o seu post.
    Eu também tenho Tiroidite de Hashimoto e no meu caso cheguei a ser medicada para depressão antes de descobrir a doença.
    Eu cismei com o diagnóstico do médico porque meus cílios e sobrancelhas estavam caindo e quando procurei na Internet vi que poderia ser algum problema relacionado à tireóide.
    Procurei um outro médico e diante da minha desconfiança e sintomas esse pediu o exame de anticorpos (anti-TPO).
    Creio que os sintomas possam mesmo ser confundidos com depressão, mas eu sabia que não era o meu caso.
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  2. OLÁ MINHA QUERIDA! VIM CONHECER O SEU BLOG PORQUE VI A MANCHETE DO SEU POST NO BLOG DA OZENILDA. QUERO DIZER QUE TB. TENHO HIPOTIREOIDISMO E TOMO SOMENTE 75 MG DE LEVOTIROXICINA DIARIAMENTE E AÍ FIQUEI ÓTIMA.
    FUI DIAGNOSTICADA APÓS EXAMES POR CAUSA DOS INTOMAS QUE VC. CITOU (ALGUNS). MEU MARIDO HÁ UNS 4 ANOS TEVE PROBLEMA DE CORAÇÃO E COLOCOU UM STENT. MAS OS MÉDICOS LEVARAM 3 MESES SÓ PARA ESTUDAR O CASO DELE, SE IRIA ABRIR O PEITO OU NAO. GRAÇAS A DEUS NÃO PRECISOU. MAS DAÍ QUEM FICOU MAL FUI EU, PORQUE COMECEI COM DEPRESSÃO, PRESSÃO ALTA, SONOLENCIA, CABELOS CAINDO,COLESTEROL E TRIGLICÉRIDES ALTOS, ENGORDEI 9 KG. QUANDO FUI AO CARDIOLOGISTA, QUE É UM AMIGO, E ÓTIMO PROFISSIONAL DAQUELES QUE MANDA FAZER TUDO QUANTO É EXAMES E ELE ANTES MESMO DE LEVAR O RESULTADO ELE JÁ DISSE QUE EU DEVERIA ESTAR COM HIPO TIREOIDISMO. SE NÃO FOR TRATADO AS CONSEQUENCIAS REALMENTE LEVAM ATÉ A MORTE POR DEPRESSÃO SEVERA E OUTRAS COISAS MAIS. GRAÇAS A DEUS ESTOU MUITO BEM, TOMO TAMBÉM CLORIDRATO DE PAROXETINA(PONDERA) QUE NÃO ME DEIXA DEPRESSIVA. ESTOU AÍ, QUASE APOSENTADA, CUIDANDO DA MINHA MÃE DOENTE, MAS TENDO AO MEU LADO O MEU MARIDÃO QUE É INCRÍVEL. BJKS QUERIDA. FICA COM DEUS!

    ResponderExcluir
  3. oi Talita! "passeando" pelos blogs, achei o seu! e por coincidência, eu tb tenho hipotireoidismo. Adorei o seu cantinho, vou te seguir tá, bjos.

    ResponderExcluir
  4. Foi bom voce mostrar esta donça, porque muita gente faz uma tempestade em copo dágua.
    Mas tem que se cuidar!
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  5. muito bom esses dis ultimos posts sobre a carambola e Hipotireoidismo! eu tive hipertireoidismo e foi demorado o diagnóstico! Graças a Deus agora tá controlado, mas sofri muito com os sintomas! um abraço sissi

    ResponderExcluir
  6. Oi Talita eu te acompanho há um tempão vc está até nos meus links mas olha o que me chamou atenção foi sobre hIPO eu tb tenho e é o de Hashimoto tb, detectei em 2007 e estava com depressão leve, sofri demais pois demorou um pouco para os médico ter a idéia de me mandar fazer os exames certo para poder detectar, até hoje tento conviver com ela mas acho bem difícil pois faço tudo nos conformes, não esqueço a medicação mas volta e meia ela está alterada e nisso altera tudo em minha vida pois ela é pura e simplesmente a responsável pelo meus sentimentos,estado de humor, enfim é sentimento puro e controle total , mas o que mais me incomoda é o fato de engordar com muita facilidade mas estou seguindo firme nessa meu blog é http://minhacasadeboneca.blogspot.com/ apareça quando quiser tá, beijokas
    Danielle

    ResponderExcluir
  7. Oi, gente,
    Estou encantada com os depoimentos de vocês. É muito legal que tenham deixado seus recadinhos por aqui. Interessante perceber como os sintomas confundem certos médicos que chegam equivocadamente a diagnosticar depressão na pessoa, não é? O controle realmente demora um pouquinho pra chegar nos 'eixos', mas com paciência tudo se resolve. Essa parece ser uma doença da modernidade, onde tudo é mais veloz e ficamos mais ansiosos, concordam? Eu convivo bem demais com ela hoje. Mas monitoro sempre com exames de sangue rotineiros.

    Um beijo grande a todas,
    Talita.

    ResponderExcluir
  8. Oi, me chamo Danielle, tenho 31 anos e em março de 2010, descobri que tenho hipotireoidismo. Engordei 35 Kg, todos me criticavam, meu marido sempre zombou de mim. No dia em que não passei na roleta do onibus, resolvi mudar minha vida. Voltei a estudar e fiz o curso de Tecnólogo em Nutrição e foi assim, que minha vida começou a mudar. Depois de prestar atenção em mim mesma, qd tirei uma foto com meu filho, percebi q estava ficando calva. Procurei uma endócrinologista pela 8 vez, e disse assim ao entrar no consultório: "Me alimento corretamente e médico nenhum acredita em mim, não quero tomar fórmulas, estou aqui pq preciso saber se realmente tenho algum problema com a tireóide. Vc pode me ajudar? Ela, me ouviu e pela primeira vez um médico fez uma bateria de exames em mim. O resultado foi positivo para o hipotireoidismo. Nessas alturas meu casamento já havia acabado, mas ainda não tinha dado um ponto final. Agora, dei. Qd voltei ao consultório, minha médica me deu parabéns por seguir tudo o que ela me orientou qt ao tratamento. Perdi 7 Kg em 2 meses. Meus cabelos estão nascendo novamente, tenho unhas e o mais importante, o que todos que me conhecem me perguntam - o brilho no olhar - como estou diferente. Sempre respondo que resolvi me amar! Estou de mudança com meu filho para MG, fiz minha inscrisão na Faculdade para cursas Biomedicina e com uma força de vontade que não sentia ha muito tempo.....Estou apaixonada pela vida!!!
    Danielle XAvier

    ResponderExcluir
  9. Olá!!! Descobri que tenho hipotireoidismo a pouco tempo... foi atraves de uma consulta ao genecologista que descobri. Ele pediu exames, inclusive o que verifica o hormônio da tireoide. Enfim, descobri que tbm tenho policisto. Os sintomas bem parecidos com a da Hipo... queda de cabelo, acne, fadiga, pele oleosa.. imagine o meu drama. Estou fazendo o tratamento para os dois...atualmente!

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.