(escrito)

Algumas belezas da minha vida são tão simples que se não sou eu olhando, para outros passarão despercebidas. As miudezas que vibram minha alma já foram até desconsideradas, pois quem não é tocado por elas hoje, não há de entender nunca tal sentimento. E pra mim isso é bom, pois ao menos já sei meu meio. Ainda, porém, tenho que descobrir um fim. O combustível de que preciso me acorda com beijos duplos e sorrisos idem. Sou eu aqui. Me sinto. É tão louco traduzir momentos, quanto mais sentimentos. Tem coisas que só somando experiências e contemplando as consequências é que aprendemos sobre o in e o out e sobre o through. Acordar, viver, dormir é 'tipo' uma descrição muito simples pras situações constantes que nos afetam. Tem a ver com nosso corpo ou só com a alma? Ao final ainda existirão grandes perguntas ou teremos as sonhadas explicações?


You May Also Like

0 comentários

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.