Uma situação 'adulta'

by - 29.7.10

Hoje, pela manhã, conversávamos no quarto, eu e meu marido, quando chegou Sofia empurrando uma dessas mesinhas de plástico de dois andares, pequena e com rodinhas. E sobre ela, quatro de seus copos de plástico, vazios. E ela entrou, posicionou a mesinha, levantou a cabecinha pra gente que estava de pé e então disse:

"_Mamãe... você aceita uma cerveja?"
"_Papai... você quer uma cerveja também?"

E então que percebemos como certas palavras 'adultas' nos deixam constrangidos quando ditas por crianças, ainda mais se for nosso filho! Não aceitamos cerveja, mas aceitamos refrigerante e suco. Mas ela disse que só tinha feito cerveja! Imagine você a situação. Explicar sobre isso num momento 'faz de conta' não é fácil.  Ela já sabe que vinho e cerveja são bebidas só de gente grande, tanto que na brincadeira só fez pra gente, mas mesmo assim, tal situação é como um espelho de nossas imperfeições, né? E claro que sabemos que isso é só o começo de muitas e muitas explicações que teremos que dar. Sendo pais e querendo dar bons exemplos que nem sempre conseguimos, como dizer para fazer o que dissemos no lugar do que fazemos. Isso é horrível, é errado, precisa-se de explicações e, por isso, situações assim são mais difíceis de lidar. Mas fala a verdade... ensinar é maravilhoso, pois vem também com uma grande carga de aprendizado, não acham?

You May Also Like

15 comentários

  1. Sabe eu já passei por uma situação igual a alguns poucos anos, (minha filha agora tem 12 anos) E a melhor maneira que encontrei foi a franquesa.... no círculo de amigos de minha filha tem alguns que bebem escondido dos pais.... eu sei quem são pois minha filha me contou e ela sabe que quando tiver curiosidade (idade também) o ideal é que peça-me que eu dou ... é muito bom quando ela comenta com os amigos e eu ouço... que comigo ela pode contar...

    Um grande abraço e muita dedicação na educação da Sofia.

    ResponderExcluir
  2. Nossa imagino a situação!
    Eu ainda não passei por essas questões difíceis mas passarei com meus dois babys juntos pois eles tem só um ano de diferença.
    E já estou me preparando!
    É a árdua missão de educar que carregamos e fazemos com muito amor!|Mas sei que você vai tirar isso de letra amiga!
    Beijokinhas

    ResponderExcluir
  3. Oi, Adelaide,
    Obrigada pelo comentário. Explicar é o que os pais tem de fazer sempre, não é? Eu coloquei um questionamento maior porque apesar de sermos pais com bons exemplos pra passar, não somos perfeitos. E nossa filha já sabe que cerveja e vinho é coisa de gente grande, tanto que ela 'fez' pra gente e ela não tomou nem de mentirinha, mas mesmo assim, é como se víssemos nossas imperfeiçõezinhas claramente estampadas na nossa frente, né?

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Priscila,
    Ensinar é uma coisa linda, né? Com uma carga grande também de aprendizado.
    Obrigada,
    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir
  5. xiiii, amiga, vá se preparando, virão muitas situações como essa ainda!
    rsrsrs

    Beijos
    Joana Campos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Joana,
    Eu bem sei, rs. E mesmo sendo difícil, ter filhos é a coisa mais linda que existe, não é?

    Beijos,
    TAlita.

    ResponderExcluir
  7. Situação complicadinha hein!!
    AS crianças absorvem tudo que ouvem!!
    Bjus
    http://jennynewdiary.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá td bem??

    sigo seu blog jah faz um tempinho e agora fiz um pra mim, dá uma passadinha la.. =)
    ta no comecinho ainda.. mas estou com bastante idéias pra ele..

    http://likedd.blogspot.com/

    Obrigada

    ResponderExcluir
  9. Oi, Jenny,
    Elas absorvem mesmo tudo que ouvem e também tudo que veem... por isso os exemplos bons são tão importantes, né?

    Oi, Gleice,
    Vou passar sim, obrigada pelo recadinho.

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir
  10. Talita
    Curta as coisas engraçadas que ela diz, mas preste atenção quando tem boi na linha como bisavó falava para dizer que certos assuntos não devem ser ditos perto de crianças. E hoje elas são sabias, astutas e observadoras. Muito mais que a gente!
    com carinho mOnica

    ResponderExcluir
  11. Oi, Mônica,
    Dica mais que pertinente essa, adorei o que sua bisavó dizia. E é assim mesmo... se não podemos dar os melhores exemplos é melhor ficar ao que dizemos perto deles. Obrigada, Mônica, por mais um comentário construtivo que eu adoro.
    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir
  12. Oi linda!!!
    TUDO QUE VC FALOU TEM SENTIDO É MUITO DIFICIL EXPLICAR COISAS DE ADULTO PARA CRIANÇA, EU SEI MUITO BEM SOBRE ISSO RSRS.
    Adorei seu blog e já estou te seguindo e se tiver um tempinho de uma olhadinha no meu é sobre cabelos e se gosta seje minha seguidora tbm...

    Beijos flor, se cuida *-*

    http://perfeitabeleza.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Não tenho filhos mas acho que deve ser bem dificil explicar isso ne...
    Eu sei que eu e meu namorido nao bebemos, mas meu sogro, meus pais bebem ( até exageradamente as vezes ). Não sou contra quem saiba beber, no caso do vinho e do Champanhe sei que chegam as vezes a ser complemento de alguns pratos culinarios de tão bem que se harmonizam. Acho que o melhor é ser sincera e explicar como vc faz que aquilo ainda nao é pra idade dela e dizer tambem que a tudo deve ser comedido quando ela for maior ne. Nesse ponto fico aliviada de ainda nao ter filhotinhos rsrs

    ResponderExcluir
  14. Perfeita beleza,
    Ainda não sei seu nome, mas vou lá no seu blog conhecer sim. Obrigada pelo comentário.

    Dea...
    E agora ela com essa mesinha tá cada dia mais criativa. Hoje virou estilista e diz que está fazendo roupa pro papai ficar lindo, rs... Amo demais.

    Pri,
    Mas quando tiver os seus, verá que por mais difícil que sejam algumas situações, é maravilhoso aprender educando, é a coisa mais linda a convivência com os filhos. Adorei seu recadinho. Obrigada.

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.