Mais uma no supermercado...

19.8.10 dona perfeitinha 13 Comentários


Cada dia mais tenho dó de quem não tem firmeza, segurança e clareza pra não ser passado pra trás. Algumas empresas querem o lucro a qualquer preço. Enganar e ludibriar é um deles.

Gosto de alguns nomes de supermercados que sempre se prontificam a corrigir um erro que está causando algum prejuízo ao cliente, mas nem todos tem atitudes corretas. Coitados daqueles que sempre dizem 'deixa pra lá então'. Sinto dó porque eles pagam mais caro e acomodam-se enriquecendo os bolsos de quem não está nem aí pro cliente a quem 'teoricamente' deveria atender com o melhor dos sorrisos.

Essa semana, comprando azeite no supermercado, percebemos uma marca que gostamos com um preço ótimo. Pegamos dois. Mas como estamos acostumados com atitudes pouco corretas desse tal supermercado, fomos ao leitor de código de barras conferir. E o preço no leitor estava o que consideraríamos o preço normal do tal azeite. Mas na plaquinha abaixo do produto dizia outro valor, cerca de 20% mais barato. Levamos a plaquinha junto, claro!

No caixa já avisamos que o preço anunciado não condizia com o do leitor do código e foi chamada uma responsável por isso. Ela conferiu o nome e o código do produto na plaquinha e nos disse que estava correto e que o valor seria abatido no final da compra. Até aí tudo bem, até que, na hora de pagar... veio outra moça se dizendo a verdadeira responsável e querendo nos convencer de que outro azeite era o azeite a que a plaquinha se referia, ou seja, queria nos convencer que gato latia. Engraçado? São nessas horas que morro de dó de pessoas mais simples que com medo de arrumar confusão ou por falta de segurança são convencidos a levar o produto mais caro. Ela tinha um azeite em mãos com um nome completamente diferente do nome que constava na plaquinha de preço e afirmava categoricamente que o preço não era do nosso azeite com o mesmo nome da plaquinha, mas daquele nas mãos dela. Incrível? Inacreditável... Mas não é de hoje que estamos acostumados a passar por situações assim e até que somos rápidos pra resolver esses problemas. Mas e quem não é? Como fica?

Você tem costume de reclamar por erros desse tipo ou simplesmente deixa de levar o produto ou o leva mais caro assim mesmo? Acho que aos poucos e com as experiências pelas quais vamos passando, acabamos aprendendo sobre as maldades de algumas empresas.


13 comentários :

  1. DEIXO DE LEVAR O PRODUTO E, COMO VOCE, FICO ATENTA NA PROXIMA COMPRA AO TAL ESTABELECIMENTO. ESSE DESCASO COM O CONSUMIDOR PRECISA ACABAR.

    ResponderExcluir
  2. Nossa tem dois hiper que é preciso ficar de olho extra e carrefour, quase sempre tem disso, ai alem de encaixotar(antes era ensacolar..rs) as compras tem que ficar de olho no monitor....
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu não reclamo não. Evito mesmo. Apenas digo "então cancele e fecho a cara". Sinto que quanto mais agente fala, mais escuta e isso tudo nos aborrece muito. Perco meu tempo.

    Essa semana mesmo voltei no super para devolver um produto de U$ 1.99 que comprei na noite anterior e que já estava vencido. Dei mancada, não olhei a data. Voltei para devolver sem explicar motivo algum ...

    beijos,

    ResponderExcluir
  4. Oi Talita, isso mesmo, precisamos incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo...meu marido num deixa passar nada, leva a fita da máquina registradora pra casa e confere tudo....Outro dia, uma melancia que estava por 0,39 centavos o quilo (por ser fruta de época) no mercado, nos foi cobrado por ua melancia 19,00 acredita? ou, compramos/pagamos quase meia toneladas de melancia e so levamos uma unica fruta pra casa, marido cinferiu tudo, voltou no outro dia ao mercado e foi ressarcido da diferença em cash. Foi super fácil de resolver! e ja cansamos as vezes q agente leva uma quantia x de produtos pra casa, e nos e cobrado outra bem diferente. aff!

    Parabéns pelo post!

    Joana Campos

    ResponderExcluir
  5. temos que estar sempre atentas! eu tenho sempre comprado poucas coisas prá poder controlar no caixa, senão passa outro preço e não vemos! depois que raiva, e as vezes voltar só prá reclamar sai até mais caro, mas eu sempre exijo os meus direitos! um abraço sissi

    ResponderExcluir
  6. Aff o q mais tem hj em dia é salafrario querendo passar a perna na gente! To cansada de ver absurdos em supermercado viu... Tanto q mudei do q costumava fazer de tanto aborrecimento agora eu estou em um que gosto mas ainda tem algumas coisas q num consigo aprovar tipo o preço absurdo q colocam pras carnes lá, tudo bem q todas as carnes lá sao de excelente qualidade mas normalmente está 4 reais acima do preço do quilo em relação aos outros supermecado =/

    ResponderExcluir
  7. Ixiiii, eu meto a boca. E nem sempre com calma e educação. Já cheguei a ficar mais de ano sem fazer compras no extra por causa de uma que eles aprontaram comigo.

    Tem que haver respeito ao cliente, sempre.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  8. De tanto passar por esse tipo ocorrência no Extra que abriu recentemente em nossa cidade, nós decidimos não comprar mais lá, voltamos a prestigiar os mercados da terrinha mesmo, que, apesar de não serem hiper, nos tratam com muito mais respeito.
    bjos

    ResponderExcluir
  9. Mais e muita cara de pau hem.....o pior e fazer iso,nos chamar de idiotas e ficar olhando na nossa cara como se fossemos realmente cegos...e pior ainda...com a plaquinha na mão,com a prova...da vontade ou não de brigar pelos direitos da gent.Eu já deixei muitos produtos no caixa exatamente por este motivo.
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ta,

    Isso é uma coisa muito chata (pra não dizer algo pior). O lamentável é que essas redes são riquíssimas, não precisam mesmo de recursos arrancados do cliente assim. Mas o negócio é ficar atento e reclamar; até que eles percebam que "vacilar" é sinônimo de aporrinhação e, eventualmente, até de levar um processo.

    ResponderExcluir
  11. Oi ,
    Acho que estou ficando velha ou que decidi não mais aturar nenhum tipo de abuso por parte destes mega empresários que não ligam a mínima para seus consumidores !!!
    Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  12. Ah, miga... eu fico p. da vida com esses mercados que só querem sacanear a gente. Se isso acontece eu bato o pé até conseguir o preço da plaquinha. Que venha o gerente, o presidente, o papa: é direito meu. Masssss, se depois de tudo, tudo, nada for resolvido, eu boicoto esse mercado. Sem dó nem piedade.
    Aqui aconteceu assim. Eu era fiel a uma rede de mercados, mas cansei de produtos sem preços, estragados, sempre tendo que reclamar... ah, desisti. Comecei a frequentar outro mercado que fica a km de casa, mas que é limpo, organizado, e que não me estresso. Vale super a pena.
    Ótimo post - como sempre =D
    bjssss
    http://www.larfamiliaecia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Gente! Amei os comentários... Até a Jê lá nos EUA passa por isso! A gente tem que ficar atento a tudo pra não ser passado pra trás.

    Cada história vocês me contaram. E vejo que ninguém deixa por isso mesmo. Adorei. E temos que 'boicotar' mesmo a empresa nos trata com indiferença, como disse a Eliane. Não quer cliente? Por que abriu as portas?

    E , Jú... eu fico só imaginando como foi a briga, rs.

    Beijos, meninas e obrigada pelos comentários construtivos,

    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com