Nesse dia dos pais

8.8.10 Talita Cavalcante 3 Comentários

Não! Só papai!
Quero papai!
Só papai pode!
Papai!

Essas são frases corriqueiras da nossa filha. Quando gruda no papai, é só ele pra tudo! Tudo mesmo! Pra fazer a dedera, pra vestir a roupa nela, pra dançar com ela, pra dormir com ela, enfim... o papai daqui de casa é mesmo um paizão, o mais lindo que já conheci. Como eu o admiro, gente! Minha filha tem uma sorte! O papai, cujo nome e sobrenome ela gosta de repetir com orgulho, é realmente alguém em quem ela pode confiar e contar eternamente...

No filme que indiquei ontem, há uma cena interessante em que a durona personagem principal acaba chorando ao contar sobre sua infância, revelando uma grande mágoa do pai que sempre dizia: "tudo vai dar certo", quando nada dava certo. Ele dizia aquilo, mas não corria atrás para resolver os problemas da família. E ela cresceu com essa mágoa.
E aí veio o comentário do outro personagem, algo como: "Eu sinto muito. Sinto mesmo. O pai é alguém em que deveríamos poder confiar, poder contar."

Um filho que cresce podendo contar com seu pai, seja pra aprender sobre as coisas, seja pra conversar, seja pra ter uma opinião segura, seja para seguir bons exemplos ou mesmo para ganhar um empurrãozinho profissional (por que não?), cresce mais seguro e carregará sempre bons valores. O que não vale, na minha opinião é pai protejer filho a não assumir responsabilidades, é pai corromper pessoas para dar um jeitinho em problemas dos filhos, é pai aceitar atitudes amorais do filho. 

Pai é figura segura em que filho tem que poder contar pras coisas boas
Pai é aquele que fala do filho com orgulho e aceita suas diferenças
Pai é aquele que corre atrás de segurança, saúde e educação do filho, se esforçando sem cobranças
Pai é aquele que ama. E demonstra! Mas claro que há diferenças de pai pra pai. Conheço alguns que deixam pistas de amor apenas... outros já são calorosos como o filho gosta.

Nesse dia dos pais...

A meu pai, um obrigado de filha que sabe valorizar cada gesto querido recebido.

A meu marido, meu lindo, meu muito obrigada de esposa que tanto admira seu jeito paizão de ser.


3 comentários :

  1. Oiii

    Voltei de férias...e já vim ver as dicas.Sabe que as vezes fico até com um pouquinho de ciúmes...e papai pra lá,papai pra cá e eu....acabo ficando de lado...logo a mãe que esta o tempo todo resolvendo cada probleminha,cada desejo...mas como meu marido e um pai maravilhoso eu aceito a paparicação...rsrsrsrs.
    Beijinhos
    Deusa
    vasinhos coloridos

    ResponderExcluir
  2. Cada ser humano é um mágico Através da palavra podemos narrar encantar como libertar alguém de um encantamento. Ao captar nossa atenção a palavra pode entrar na nossa mente e alterar todo um conceito. Para melhor ou para pior. Pensamento Tolteca
    Hoje voce fez esta magica. Espero que os pais que leem possam atinar par a magia de ser pai.
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  3. Oi, Deusa,
    Em mim não bate ciúmes não porque sei que é sempre equilibrado, tem hora que tudo é comigo, rs. Mas é lindo mesmo ver o marido da gente como um paizão, né? Te entendo.

    Oi, Mônica,
    Adoramos seu recadinho. Que palavras bonitas desse pensamento! Obrigada por me deixá-lo aqui. Ser pai e mãe realmente é mágico. Concordo mesmo.

    Um beijo grande,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.