O brasileiro virou queridinho nas lojas de luxo de Nova York

17.8.10 dona perfeitinha 2 Comentários

Virou moda agora ter atendentes que falam português nas lojas de luxo de Nova York. Em reportagem da revista Veja dessa semana (18 de agosto), a explicação fica clara: os brasileiros estão viajando mais para lá e gastando muito mais.

Eu sempre soube que brasileiros (principalmente as brasileiras, rs) gostam e muito de artigos de luxo, mas no momento atual da economia mundial, cuja crise não atingiu os brasileiros, compras em lojas de grife em Nova York se tornaram algo muito, mas muito mais comum. De 2008 para 2009, o número de milionários no Brasil cresceu 19% e isso é uma coisa incrível, não acham?
E comprar em Nova York não trás só o glamour. Nas lojas de artigos de luxo como vinhos, jóias e roupas e sapatos de lá (muitas já existem em São Paulo), é possível economizar. Falar em economizar quando o assunto são as compras em lojas de marcas caríssimas não é uma bobagem, já que a economia, nesse caso, se torna maior ainda. Um par de sapatinhos clássicos Cristian Louboutin em loja de lá custa em torno de 600 dólares. Em loja no Brasil, o mesmo não sai por menos de 1.400 dólares, ou seja, um par comprado aqui, compraria dois por lá e ainda sobraria um pouquinho pra um lanche na esquina da 5a avenida, rs. Deixando meu pensamento de pobre de lado, rs, vamos namorar um pouquinho o Simple Pump da marca que já não parece mais tão caro assim pra muitos bolsos e bolsas brasileiras, rs:



Também quero ir pra Nova York e me jogar nos tapetes vermelhos que dizem  estão estendendo por lá pra gente... (pra sentir um pouquinho esse lado da 'moeda', rs). Até que essa recessão da economia de lá ajudou a deixar a gente mais bem quisto porque depois dos chineses, hoje somos quem mais gasta nos Estados Unidos. E tomara que nossa economia continue numa boa (Ô, Bolsa, volta ao que era antes também?), porque brasileiro ter que deixar de comprar artigo de luxo é tão deprimente como ver a carinha da criança que derrubou o sorvete no chão.

Obs.: Isso é mais uma evidência do quanto é desigual nossa sociedade. Vale post sobre o assunto também. Mais tarde...


2 comentários :

  1. Olá! achei esse assunto perfeito para avaliarmos o quanto ”evoluímos” desde que nos tornamos uma democracia, acompanhei a crise passada de perto, e como as vezes arrisco no mercado de ações vi meu mundinho balançar, é eu não sou uma dessas pessoas que compra Cristian Louboutin nem aqui, quem diria lá, mais adorei ver nosso país simplesmente planando sobre a crise que assolou a Europa e os EUA, nós brasileiros precisamos reconhecer o quanto somos previlegiados, temos capacidade para isso e muito mais, o mundo agora começa a nos ver com outros olhos, já não somos mais aqueles que vão lá apenas para trabalhar em subempregos, agora vamos também para compras.....
    Quero deixar registrado aqui que eu também sonho com maravilhosas orgias de compras no exterior... ( Paraguai e Argentina não vale!!!!)kkkkkkkkkkkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi, Adelaide,
    Eu também adoro saber que o poder de compra dos brasileiros vem aumentando. E acaba que melhora pra todo mundo, né? E sobre as 'orgias' de compras internacionais... deve ser fantástico mesmo, rs.

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com