Por que as pessoas dentro de um carro no meio de raios ficam protegidas?

11.8.10 dona perfeitinha 2 Comentários

Muitas pessoas pensam que são os pneus de borracha que protegem as pessoas dentro de um carro de uma descarga elétrica, mas não são eles. Tanto que motos, carros conversíveis ou carros feitos de materiais não condutores de energia como fibra não protejem seus ocupantes.

O que realmente proteje as pessoas dentro de um carro de alguma descarga elétrica é o fenômeno chamado de "Gaiola de Faraday". Esse fenômeno acontece porque a lataria do carro retém a descarga elétrica, criando uma corrente externa, deixando o interior do veículo protegido, continuando em equilíbrio eletrostático. É o mesmo fenômeno que ocorre com aviões.
Mas se acontecer de estarmos viajando e ficarmos no meio de uma tempestade de raios, devemos tomar alguns cuidados:

Primeiro devemos procurar um lugar seguro, o que quer dizer... longe de árvores - elas atraem raios. Se um raio atingir o carro esse pode apenas parar de funcionar, mas pode também pegar fogo, então é muito perigoso.
Pode ser que o carro esteja contendo uma corrente elétrica e, por isso, como não sabemos quando o fenômeno da Gaiola de Faraday está efetivamente acontecendo, nunca devemos enconstar nos vidros ou em qualquer parte metálica interna que possa ter alguma ligação com a externa como o câmbio, por exemplo. Também devemos tirar qualquer metal que usamos como anéis e relógios.

Eu, meu marido e nossa filha já passamos por uma situação complicada de tempestade com raios, muitos raios, uma coisa assustadora realmente que me marcou bastante porque nunca tinha visto nada igual apesar de já ter enfrentado várias viagens em meio a tempestades com raios. E acho que devemos sempre entender e evitar uma situação mais grave.

Vocês também já passaram por alguma situação assim? É assustador, não é?


2 comentários :

  1. Talitaaaaa, eu tenho PAVOR a raios. Quando eu era bem criança, num dia de muita chuva, um raio caiu pertinho de mim e atingiu uma cerca de arama farpado. Meninaaaaa, eu tive um troço, minha língua enrolou, minha mãe desesperou! Já faz muito tempo isso, mas ainda hoje tenho verdadeiro pavor quando começo a ver aquelas luzinhas cortando o céu em dias de chuva.
    bjs
    http://www.larfamiliaecia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Eliane,
    Que experiência a sua, menina!
    Sua mãe deve ter mesmo passado um aperto daqueles!
    Te dou toda razão por ficar nervosa quando vê raios. Se até eu que só ouço casos tenho... imagino você!
    Que bom que ficou tudo bem.

    Beijo grande,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com