"De vento em popa" ou "De vento em poupa"?

9.9.10 dona perfeitinha 11 Comentários

Essa expressão é comumente dita de forma errada.

De vento em popa é o correto. Nada de dizer "em poupa" porque não faz sentido algum.

Mas... qual a origem da expressão e o que ela significa?



A expressão vem da linguagem náutica, já que popa é a parte de trás de um barco ou navio. Quando o vento sopra na parte posterior do barco (popa), o ajuda a deslizar com mais velocidade para frente, o que não aconteceria se o vento soprasse contra a frente do barco (na proa). Por isso, a expressão "de vento em popa" quer dizer que tudo está correndo bem. E assim a usamos em vários contextos.

Por exemplo... a seção de 'Palavrinhas' do dona perfeitinha vai de vento em popa. Você gosta dela?

Observações: Essa expressão, muitas vezes, também é dita ou escrita equivocadamente assim: "De vento em polpa", o que faz ainda menos sentido se formos comparar com a outra expressão errada "De vento em poupa". Poupa quer dizer topete de ave (e vento no topete até que faz algum sentido, mas mesmo assim a expressão está errada). Polpa, por sua vez, é aquela parte carnosa dos frutos, legumes e raízes (e vento em polpa não faz sentido nenhum, sendo, na minha opinião, um erro ainda mais esdrúxulo. Como o vento chegará à polpa?). Portanto, o correto é "De vento em popa"!


11 comentários :

  1. Nossa... outra dia vi no blog/twitter de uma famosa estilista de vestidos de noiva que "o novo atelier vai de vento em polpa"... quase morri! rsrsr

    ResponderExcluir
  2. Adoro saber esse tipo de "curiosidade popular"
    Sei de uma bem legal e popular, que todos nós falamos errado, que é a
    "Quem tem boca vai a Roma" essa frase está errada! Nada verdade é :
    " Quem tem boca VAIA roma"
    Adorei o post , e vou lá conferir outras informações da seção Palavrinhas!
    Thalita mas tarde tem post sobre livros, passa lá e me diz o que você acha!
    Beijos!
    #WelenMedeiros

    ResponderExcluir
  3. Adorei este post!
    Tenho grande interesse em assuntos relacionados à linguagem popular.
    Talvez você goste de um texto que escrevi há alguns anos sobre a expressão "cor de burro quando foge": http://andanhos.blogspot.com/2007/11/relaes-lingsticas.html

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Conheci seu blog há pouco e me apaixonei! Vou seguir! Vc não gostaria de participar do Recanto das Mamães Blogueiras? www.recantodasmamaesblogueiras.blogspot.com
    Bjus!

    ResponderExcluir
  5. Aline,
    E 'polpa' de fruta faz ainda menos sentido, né? É por isso que temos que ficar atentos ao que escrevemos.

    Welen,
    Adorei saber disso! Vou pesquisar mais a respeito, mas faz todo sentido. Essa eu também não sabia, mas ir a Roma com boca não faz sentido algum mesmo. Adorei, obrigada por dividir1

    Liège,
    Vou lá ler, obrigada.

    Nádia,
    Vou conhecer sim.

    Déa.
    Obrigada pelo recadinho.

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pela informação! Ajudou bastante! =D

    ResponderExcluir
  7. Vi que essa de vento em popa tem algo com o processo de polinização das plantas. De que o vento leva o pólen para as plantas fêmeas, sendo assim, um processo sem esforço, o vento foi quem levou, será?

    ResponderExcluir
  8. @Ideia²

    Isso do "vaia Roma" está errado! Veja aqui porque: http://www.ciberduvidas.com/pergunta.php?id=21315

    Saravá!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns por esta explicação, muito bom!

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com