A cortiça está em extinção? Conheça as rolhas alternativas para os vinhos

30.3.11 dona perfeitinha 8 Comentários


Já reparou que alguns vinhos, inclusive vinhos de vinículas muito boas, não tem mais rolha de cortiça? Isso está acontecendo porque a cortiça encareceu. E não é devido ao sobreiro, árvore da família do carvalho - veja foto abaixo - que produz a cortiça, estar em extinção. O que tem encarecido a cortiça (que hoje custa cerca de 2 dólares para cada rolha), é a mão de obra especializada que está cada vez mais escassa.


Então, com a cortiça mais cara, o mercado tem tentado outras alternativas para o vinho, mesmo que a rolha tradicional tenha sido até sempre considerada insubstituível por causa de sua renovabilidade e adequação à conservação dos vinhos nas garrafas.

 
Uma das rolhas alternativas que tem agradado é a screwcap (ou cápsula de rosca). Há pesquisas neozelandenses que afirmam que sua durabilidade pode alcançar a da rolha de cortiça. Mas uma das maiores críticas a esse tipo de fechamento das garrafas de vinho é que faz perder a graça do ritual do saca-rolhas tão bem quisto pelos amantes de vinho. E eu concordo... realmente perde a graça do ritual de abrir a garrafa. Por enquanto, as vinículas que já adotam a screwcap, as mantém apenas para garrafas de vinho de entrada, ou seja, os mais baratos de toda a produção. Os vinhos superiores continuam com rolhas de cortiça natural...





E ainda há outra rolha alternativa: a sintética. Essa imita o formato e a cor das rolhas de cortiça, mas é feita de borracha ou plástico revestido de silicone. Porém, apesar de já estarmos encontrando vinhos diversos com o uso desse tipo de rolha, não há ainda estudos quanto a sua eficácia a longo prazo, mas nos primeiros 3 anos, parece ter vedação aprovada. (Acho que vinhos da África do sul tem investido nessa rolha, já que já experimentei de duas vinículas diferentes com ela). 



Pessoalmente, se essa rolha sintética funcionar a longo prazo, acredito ser a melhor opção para substituir a de cortiça, já que com ela, o ritual tão tradicional de abrir a garrafa de vinho com um saca-rolha não será abolido.








Você já conhecia essas duas versões alternativas para a rolha de cortiça dos vinhos?


8 comentários :

  1. Adorei a materia! A algum tempo eu comecei a observar essas rolhas sintéticas em alguns vinhos e fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  2. Não sabia que a árvore estava em extinção, mas já tinha reparado que as rolhas estavam mudando ... agora eles precisam de achar um material tão bom quanto a rolha né?

    Obrigada pelo comentário no meu blog sobre o tutorial de caixa de presente. Me senti honrada de ter você por lá!

    Grande abraço,

    Deborah

    ResponderExcluir
  3. Adoro suas dicas! Agora que montei meu blog aqui tbm posso te seguir e ficar de olho em todas atualizações. Parabéns pelo cantinho pra lá de útil. Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Estava passando e achei tudo por aqui muito interessante, vamos te seguir e gostaríamos também de sua visitinha, somos mãe e filha iniciando a batalha contra obesidade, beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Parabéns pelo blog! Ja estou seguindo. Seja minha seguidora tmb.

    Bjs

    Tici

    www.entreaspasblog.com

    ResponderExcluir
  6. Aprecio vinhos faço coleciono rolhas tbem, e percebi isso, comprei 2 vinhos chilenos e vieram com essas rolhas, fazer o que né?

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    estava lendo seu blog e dei de caras com este post sobre a cortiça.
    Como portuguesa que sou tenho que corrigir você, o sobreiro não está em extinção, pelo menos aqui em Portugal tem de sobra. O que se passa é que a cortiça não é mais que a casca do sobreiro, e essa casca demora cerca de 10 para se regenerar e dar uma boa cortiça, por isso a cortiça se torna um produto de luxo.
    Mas deixa dizer outra coisa, cá em Portugal, tudo que é bom vinho vem com rolha de cortiça, e quando não vem com rolha de cortiça, um bom entendedor de vinhos se ofende.
    Além disso há outros usos para a cortiça, cá em Portugal há uma empresa que criou objectos de decoração e não só com cortiça.
    Dá uma olhada nestes sites aqui:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Sobreiro

    http://www.pelcor.pt/

    beijos e desculpa a correção
    Sónia

    ResponderExcluir
  8. Parabébs, excelente matéria

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com