Amor e outras drogas - FILME

9.7.11 Talita Cavalcante 2 Comentários




Não gostei muito do contexto inicial do filme, mas eis que dei uma chance e fui adiante. Que bom que fiz isso! Há tempos não era tocada tão delicadamente por palavras de amor em um filme... seu ápice demora, mas chega e vale por toda a história contextualizada por volta de 1996, quando a Pfizer lança o Viagra....  Os personagens não precisam do medicamento, apesar de o filme ser extremamente relacionado ao sexo. Acho que as grandes questões da história são "até onde vamos sem amor?" E "quando ele aparece?" E ainda  "por que precisamos tão desesperadamente de amar e sermos amados?".

A história do casal não é tão simples quanto da maioria, seus problemas vão um pouquinho além e nos deixa uma mensagem bonita... lágrimas vão rolar, com certeza! Mas são de felicidade....






2 comentários :

  1. Que bom ler esse seu comentário, porque confesso que esse filme nunc me chamou muito. Olho para ele e penso: deve ser uma água açúcar bem sem graça!!!

    Vou dar uma chance!

    Beijos

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.