Magiquinha da vida da gente

1.11.11 dona perfeitinha 6 Comentários

Aquele primeiro cheirinho, aquele primeiro contato pele com pele, aquela emoção toda, o primeiro olho no olho, mesmo que um só realmente enxergue, os dois sentem, sentem tão profundamente que o medo esvai-se. E o papai chega pra completar essa emoção toda. Mãe, filho, pai. Uma família, enfim. Enfim somos mais fortes juntos, enfim somos mais corajosos juntos. A vida se torna tão, mas tãããããooooo mais que é impossível descrever todos esses 'plus'. Mas o que mais importa mesmo é o que nos faz escorrer lágrimas de alegria do nada, dia a dia, pro resto da vida da gente. Nesse momento, por exemplo, esse mesmo em que escrevo essas linhas, minha magiquinha com seus 4 anos agora, apareceu chamando esse nome transformador da vida da gente: 'mãe'. E eis que uma amiga muito especial, desde o finalzinho do dia de ontem, ainda em outubro pra satisfazer a ansiedade de todos, finalmente conheceu o rostinho da sua própria magiquinha, tornando-se a mamãe da Julinha. O tornar-se é lindo, emocionante e impressionante. A partir de agora as impressões serão todas novas, maiores, dominadoras, 'impressionantes'. Vê-la passar por isso, remete-me ao momento da minha transformação. O primeiro contato da minha filha sobre mim, seus narizinhos fazendo o reconhecimento pelo cheiro, a curvatura do seu pescocinho ajudando a encontrar o que queria. Essa primeira vez da amamentação, essa primeira grande emoção, sozinha com minha magiquinha faminta, rs. E então o papai acolhendo-a em seus braços e aqueles primeiros contatos em que ela agarrava com sua mãozinha um dos dedos dele. Adoro recordar isso. Assim como adoro lembrar dela sendo trazida a mim após o parto, vendo o rostinho dela pela primeira vez e constatando alegremente que puxou o papai. Ela é a cara dele até hoje, por mais que me lembre também, é a cara do pai, rs. A vida se mostra mágica assim, com sua belezas particulares, com suas misturas de amor. Misturar muito amor só pode dar em mágica, rs. Já vi que a magiquinha Julinha está fazendo todos chorarem de emoção e já vi numa das fotinhas que também adora agarrar os dedinhos do pai dela. Que seja linda a sua história, Julinha! Você tem uma família bem legal... A palavra 'mãe' agora me foi demandada com euforia e preciso mesmo finalizar essas linhas, o que faço com grande alegria no coração por saber que tudo correu bem na chegada da Julinha.

6 comentários :

  1. Que post lindo, a magiquinha de vocês me emocionou, ser mãe é algo realmente muito mágico, né??? Ainda não sou mas amo crianças, ter uma sua, então, é uma magiquinha que o Mister M jamais poderá explicar...
    Beijos pra vc e pra sua magiquinha :]

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não conheço essa magiquinha
    Lindo post, beijos

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post,conheço bem essa magiquinha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. @Beth Matos
    Oi, Beth,
    Criança é mesmo uma maravilha pra transformar a vida da gente. Que bom que gostou do texto.
    Beijos e espero que tenha também suas magiquinhas na hora certa,
    Talita.

    ResponderExcluir
  5. @Dea
    Obrigada, Dea... um dia vai conhecer, não vai? Beijos!

    ResponderExcluir
  6. @Ceu
    Oi, Ceu...
    E que maravilhas essa magiquinha faz na vida da gente!

    Beijos,
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com