Ana e o beijo francês - LIVRO

8.9.12 dona perfeitinha 2 Comentários


De Stephanie Perkins. Voltei à adolescência com esse romance de personagens super jovens. Além de se passar em Paris e nos apresentar um pouquinho da cultura dos franceses, a história nos apresenta também questionamentos sobre o relacionamento de pais e filhos. A autora aborda tal tema como principal pano de fundo dos problemas dos personagens principais e isso nos faz pensar nas decisões que precisamos tomar com a ajuda dos nossos pais ou como pais na postura que devemos ter no apoio às decisões de nossos filhos, principalmente na fase de decisão de uma profissão. Deixando a filosofia de lado, a historinha é fofa demais, valem os suspiros pra quem é romântico (como eu, rs!).


2 comentários :

  1. Poxa, Talita... tá na hora de ler livros melhores, né? posso te dizer aqui: Thomas Mann, Herman Hesse, Machado de Assis, Eça de Queiroz, Tolstói e por ai vai...

    ResponderExcluir
  2. @Anônimo
    Que pena que não assinou, só perdeu ponto comigo por isso, rs. Porque adoro quando me dizem o que gostam mais de ler, indicam autores preferidos, enfim!
    Então... esses best sellers de leitura rápida e leve que indico são ótimos também, depende da fase em que se encontra, estou numa fase deles. De toda leitura se tira um mundo, gosto de dizer. Mas realmente os autores que citou são riquíssimos em termos de teor histórico em seus romances e, melhor, todos eles premiados. Nunca li os dois alemães, apesar de já ter tido 'Buddenbrooks' em mãos uma vez, em versão inglesa que não rendeu pra mim, rs. Em inglês só lia, basicamente Barbara Cartland, rs. Machado já devorei tudo que tive oportunidade, principalmente na adolescência. Costumo até falar um português rebuscado em seguida à lê-lo, rs. Gosto demais. De Tolstói me marcou muito ler 'Anna Karenina'. Enfim... leitura é questão de oportunidade, indicação, poder de consumo e fase. Adoro Rainer Maria Rilke, Paul Auster, Jane Austen, Franz Kafka... desses já li todos os títulos que tive oportunide de comprar. Romancistas mais 'modernos' são mais minha praia... por isso dentre os que citou sou mais Machado de Assis, sem dúvidas.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com