Palmas pra lei da cadeirinha

23.10.12 dona perfeitinha 1 Comentários



Viajar é bom, né? Entrar no carro e curtir a viagem ao lado da família. Crianças atrás, adultos na frente. Todos com cinto de segurança. As crianças em suas respectivas cadeirinhas.

Mas não eram todas as famílias que entravam no carro com segurança (algumas até hoje insistem em não zelar pela segurança de todo no carro, infelizmente). Até a lei da cadeirinha começar a vigorar, muitas crianças morreram à toa em acidentes de carro. Ainda morrem, mas as estatísticas melhoraram.

De setembro de 2009 até agosto de 2010, 296 crianças morreram em acidentes de trânsito no Brasil. No período seguinte, quando a lei da cadeirinha já vigorava, o número caiu para 227, o que ainda é muito triste, mas temos que acreditar que cada vez mais, mais responsabilidade terão os motoristas e menos tragédias teremos. Certo é que a lei da cadeirinha ajuda a proteger nossas crianças, já que no primeiro ano de vigor, tivemos uma queda de 23% em mortes infantis no trânsito. Palmas pra lei da cadeirinha.

Minha filha tem 5 anos e sempre que entrou num carro, foi direto pra sua cadeirinha e respectivo cinto de segurança. Já passou pelo bebê conforto, pela cadeirinha e hoje está em seu assento de elevação.

Abaixo, minha filha em seu assento de elevação que deve ser usado por crianças de 4 a 7 anos e meio (no colo dela está um boneco, não o irmãozinho, rs):
 


Abaixo, meu filho em seu bebê conforto (que já foi da irmãzinha). O bebê viaja no bebê conforto até ter 9 ou 13Kg (vai depender da especificação do produto):

Depois do bebê conforto, a criança vai para a cadeirinha que é o assento de elevação com encosto, onde viaja até completar 4 anos. Abaixo uma foto ilustrativa da cadeirinha que peguei nesse site aqui:


Que bom que a lei da cadeirinha está dando resultados positivos, mas queremos ver menos acidentes e muito menos tragédias decorrentes deles, por isso, viajemos todos em segurança, principalmente nossos pequenos.

Pra quem quiser saber regras mais certinhas de uso das cadeiras e outras informações sobre a lei da cadeirinha, clica aqui em outro post meu que publiquei à época que a lei entrava em vigor.


Um comentário :

  1. Belo exemplo.....
    Quando tiver o meu baby não exitarei....
    bjus

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com