Ser pedestre - quase um 'Proteste já' do CQC, rs

28.8.13 dona perfeitinha 9 Comentários

Hoje a postagem é em vídeo e acho que vai gostar. Apesar de eu ter prometido na edição umas fotos a mais como complemento na postagem aqui no blog, infelizmente as perdi, pois sumiram do meu DropBox. Não sei como isso foi acontecer; provavelmente foi desorganização minha (óóóóóhhhhh) durante o restore do meu celular, mas brinco no vídeo que acho que foram as pessoas que me viram fotografar tudo as responsáveis por hackeá-las e apagá-las, rs.

O caso é minha dificuldade em andar nas calçadas daqui de Ipatinga, MG, especialmente quando estou com meus filhos...




Posso apostar que você já passou ou passa todos os dias por algo semelhante! Você também é pedestre ou não larga o carro por nada?

9 comentários :

  1. Oi Talita! Eu acompanho seu blog já faz um tempinho, antigamente eu tinha um blog sobre decoração chamado Entre fotos e beijos e agora estou retomando com o mesmo nome mas com uma temática diferente: agora falo de filhos, maternidade, crianças, educação.
    Gostei de saber que você está com uma página no you tube, seus vídeos estão muito legais e você está linda com o cabelo loiro!!!
    Um grande abraço!
    Andressa

    ResponderExcluir
  2. Nossa, aqui na minha cidade tbm é terrível isso calçadas esburacadas... que ódio!!
    Bjs

    Hoje no Papo de Mamãe Amélia tem post com artesanato em MDF
    http://mamaeamelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Talita olá! Sofremos, então, do mesmo mal e padecemos com a mesma ineficácia da sociedade e do Poder Público.
    Aqui no Rio são os buracos, crateras nas calçadas, camelôs que te impedem, roubam o espaço das calçadas e as pessoas que teimam em achar que calçada é extensão de sua casa e param, a vera, no meio da calçada =0O

    Nesses momentos fico com uma saudade imensa de Londres e seus bons e civilizados hábitos de educação e ao próximo.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Talita, eu compartilho dessa sua indignação. Moro em SP e no trajeto para escola da minha filha, tem algumas subidas e descidas o que resultam em calçadas em degrau... já pensou? Tem 'degrau' em determinadas calçadas que são tão altas que um adulto não consegue subir/descer... imagina uma criança. E daí? Somos obrigadas a andar nas ruas em meio aos carros. Um absurdo. Um perigo para todos nós. Infelizmente as cidades estão sendo projetadas para os carros e não para as pessoas. Abs,
    Raquel
    www.eudonadecasa.com.br

    ResponderExcluir
  5. @Andressa
    Oi, Andressa,
    Me lembro! Que bom que está voltando a blogar também. Depois dou uma passada lá. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. @Paula RB.
    É, Paula... pra quem conhece cidades de primeiro mundo (também morei em uma encantadora, nome Dunedin, NZ), dá uma tristeza ver como nós não temos o mesmo privilégio... Beijos, adorei seu comentários.

    ResponderExcluir
  7. @Raquel
    Oi, Raquel,
    Em Manhuaçu, onde morei anteriormente à aqui, também sofria com esses danados degraus na calçada. Impressionantes como estão por todas as cidades, né? Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Que canserinha.Vc parece ser bem mimadinha.

    ResponderExcluir
  9. @Anônimo
    "Canseirinha". Mimada não sou, apesar que gostaria muito de ser (rs! - quem não?), mas claro que você poderia ter evoluído mais o seu comentário, quem sabe assim pudesse me fazer entender sua posição. Uma assinatura iria bem também.
    Talita.

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com