Não dê chances ao chulé!

26.9.14 dona perfeitinha 1 Comentários


Esse assunto é chato, mas necessário. Acho que não só para nós adultos, mas também para as crianças, aprender a evitar essa coisa horrível, mas possível de se impregnar na gente e nos nossos sapatos é algo essencial. Venho ensinando minha filha a ter o mesmo hábito que eu tenho quando tiro os tênis da ginástica ou sapatos fechados que usei por horas seguidas.

Esse é um hábito que aprendi por necessidade mesmo... comecei a reparar que os tênis que eu guardava na sapateira imediatamente após ter tirado dos pés começavam a dar cheiro. De alguns eu me desfiz porque com bactéria e fungo não se brinca. Mas depois aprendi algumas dicas que poderiam tê-los salvado e que conto no final dessa postagem.

É péssimo a ideia do chulé, então à primeira ideia de um mau cheiro qualquer, não dê moleza! Tomar atitudes contra essa coisa cruel deve ser algo imediato!

Então o que faço é deixar meus tênis e sapatos respirarem ao ar livre, mas protegidos da chuva, podendo pegar um solzinho, seja da manhã ou da tarde. Só depois disso guardo meus tênis na sapateira. Minha filha tem feito o mesmo. Podemos deixá-los tanto na varanda, quanto no quintal ou mesmo na janela da área de serviço, o importante é não dar chance pra nenhum fungo se proliferar dentro da sua sapateira escura e fechada.


Outra dica que dou são os bactericidas em spray, super práticos. Não estou falando dos antisépticos para pés que encontramos em pó e em spray. Falo desses abaixo. Quando existe tendência à proliferação de bactérias e fungos nos sapatos, esse produto é maravilhoso pra cortar o mal pela raiz. Vale jogar dentro do sapato, antes de deixá-lo respirar e mesmo antes de usá-lo. É uma ótima tática:

O primeiro é o Lysoform em spray da marca Bom Bril, e o segundo chama-se Lysol e a marca não sei qual é.

DICAS INCRÍVEIS QUE ENCONTREI POR AÍ
Aprendi uma dica de recuperar um sapato que já começou a dar cheiro, que é deixar ele respirar ao ar livre, de um dia pro outro, com sal por dentro. Aprendi no blog da Lucy Mizael (clica aqui). Por lá também há outras dicas valiosas sobre o assunto chulé. Tem a dica de um leitor dela sobre a pasta d'água mentolada que ele passou nos pés na hora de dormir e nunca mais teve chulé. E ainda a dica de uma leitora que borrifa nos pés, antes de calçar os sapatos, a mistura de 1 litro de álcool com 20 cravos e 10 paus de canela. Eles usaram e dizem que é super eficaz. Só lamento não ter aprendido a dica do sal antes de me desfazer de duas sapatilhas que tive e que começaram a dar cheiro, portanto não testei a eficiência de nenhuma dessas dicas, apenas das que falei anteriormente, mas se precisar de novo, vou usá-las, com certeza! Vale o clique.

E alguns outros cuidados são sempre importantes também para evitar o chulé - devemos ensinar isso a nossos filhos desde pequenininhos:
- Usar apenas meias 100% algodão
- Lavar e secar bem os pés, incluindo entre os dedos.
- Intercalar o uso dos sapatos, nunca repetindo o mesmo dois dias seguidos.
- Prefira sempre limpar os sapatos por dentro usando tecido limpo embebido com vinagre ou água sanitária no lugar de lavá-los com muita frequência, já que o sapato molhado até conseguir secar dá chances de os fungos proliferarem, ainda mais se secarem à sombra (quando lavar, prefira um dia de sol), mas lavar é importante e para que os fungos não se proliferem, o uso de um bactericida como esse aqui ou mesmo vinagre na água da lavagem é muito importante!
- Manter os pés hidratados, sem fissuras e unhas cortadas também evitam o acúmulo de sujeira que ajuda no mau cheiro e proliferação do chulé. Higiene em primeiro lugar. 
- Mas se tudo isso é feito e você continua com o problema, recomendo que procure um médico porque pode ser um problema com causa que só a medicina pode avaliar. Cuidar da gente em primeiro lugar!

Espero que tenha gostado das dicas e a gente continua se lendo e se vendo por aqui e...
... nas redes sociais:






Um comentário :

  1. Olá menina,
    Ótimas dicas, sempre é bom saber mais um pouco sobre como tratá-lo, e evitá-lo.
    Tenha um ótimo domingo.
    Beijos

    ResponderExcluir

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.
Se precisar, entre em contato conosco através do email: talita@donaperfeitinha.com