Como tirar o cheiro da garrafa de café - Testei várias técnicas e descobri a forma mais eficiente!

30.3.17 Talita Cavalcante 0 Comentários

Quando usamos uma garrafa térmica para o café, não dá para usá-la depois para o chá ou a água quente. Isso acontece porque o café uma vez presente na garrafa, deixará resíduos que influenciarão no gosto e no cheiro do outro líquido ali disposto.

Mas há como recuperarmos a garrafa, deixando-a cheirando a nova!

Os truques mais comuns, ensinados na internet, são o do bicarbonato de sódio e o do sal.

Porém, como sei da eficiência do vinagre nas questões de odores, resolvi testá-lo também na garrafa!

Como se tratava de um teste, etiquetei as garrafas (todas muito usadas com café e com a ampola interna já escurecida por ele):


Não usei água quente para o molho, apenas água diretamente da torneira...


Água e o produto diluido, deixados por duas horas em cada uma das garrafas. As tampas deixei no mesmo molho da garrafa, porém, em recipientes a parte. 

A primeira garrafa está com bicarbonato (2 colheres de sopa), a segunda com vinagre (1/3 de xícara de vinagre), a terceira com sal (2 colheres de sopa). Dissolvi em água e deixei até ultrapassar a linha da ampola da garrafa.

Destaque para o nível da água da garrafa com vinagre e da garrafa com sal. A garrafa com bicarbonato, deixei tampada para que o cheiro do tubo de condução da água também sofresse a reação do produto.

Depois lavei as garrafas com água e detergente neutro...


Por fim, escaldei todas as garrafas com água quente.

Isso fez com que os resíduos escuros do café se soltassem com a água quente. Fiz o procedimento 3 vezes até a ampola interna está limpinha.

Para lavar a tampa da garrafa de apertar, joquei água quente direto em seu tubo de passagem do café.

O resultado desses testes não me surpreendeu. Como eu já esperava, o processo de molho com sal não funcionou:
Isso me fez repetir o molho daquela garrafa com o próprio sal, mas dessa vez com água fervente. Deixei a noite toda de molho, mas a garrafa continuou com cheiro e passando gosto pra água quente.


Aí, resolvi limpá-la com vinagre que, dentre todas as técnicas, ganha em praticidade e custo. Todas as garrafas ficaram como novas para serem usadas com água quente ou com chá já pronto.


Não passo sem vários chazinhos... Aceita unzinho?



0 comentários :

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.