Cozinhar é terapia pra vida!

by - 28.4.17


Sei que o tempo anda curto para a maioria de nós. Mesmo eu que tanto cozinho, seu que hoje cozinho menos que em tempos já deixados pra trás. Sim, minhas prioridades aumentaram, mas cozinhar continua sendo uma delas. Tento deixar esse tempo na cozinha, o mais agradável possível. Gosto de ter meu marido e meus filhos por perto, mas quando não é possível, coloco meu fone de ouvido (sem fio - um ótimo presente pra se pedir no dia das mães, rs) e vou curtindo um podcast qualquer, ou mesmo ouvindo uma série ou filme do Netflix, ou um vídeo do YouTube. Adoro variar e, se ouço o filme, não importa que não estou olhando pra tela da tv ou celular, importa que aproveito para colocá-lo em inglês e continuar treinando meu ouvido para ele não enferrujar.

Preciso ser muito a favor de todos priorizarem um diazinho que seja por semana para cozinharem. Um bolo, um risoto, um estrogonofe que seja, ou mesmo um petisco pra comer saborizando um vinho ou sua cervejinha! Mas nada de beber muito. Para cozinhar não há limites, porém precisamos aprender a beber e a comer com equilíbrio. Cozinhar nos ensina muito, inclusive sobre isso. É cozinhando que aprendemos a montar um prato bonito, saudável e em quantidade suficiente para, se quisermos repetir, não comermos em exagero.

Cozinhar é bom em todos os sentidos, pois é terapêutico. Se estamos cozinhando queremos que saia bom, mas mesmo que não saia, estamos aprendendo, observando, sentindo cheiros... Comer é bom e devemos falar de comida, pensar em receitas, combinar almoços com amigos em nossas residências. Mas cozinhar, no dia a dia, é um tempo que temos também pra refletir. Precisamos pensar em nossas atitudes, precisamos querer melhorar sempre. Nosso tempo na cozinha pode também ser bem usado para pensarmos melhor sobre vários assuntos que estamos deixando de lado!

E que tal pensarmos no momento de cozinhar como um momento também de rir? Levar os filhos pra cozinha nos permite ensiná-los a colocarem as mãos na massa e a aprenderem sobre nutrientes. Conversar sobre comida saudável é essencial na educação. Momentos que facilitem convívio e experimentações de comida boa devem ser fomentas em casas em que há criança. Com o tempo é lindo ver que a criança que sabe como o brócolis é cozido, faz questão de pedir todo dia. É legal quando a criança prefere a salada de fruta ao biscoito recheado. Isso acontece mais em casas que as crianças aprendem a fazer elas mesmas algumas comidinhas, se sentindo orgulhosas! Mas o mais legal é que comida boa seja sempre assunto em nossas casas.

E sobre comida boa, não há melhor que aquela feita por nós e pelos nossos. Um dos momentos que mais gosto na vida é quando eu e meu marido cozinhamos juntos, um dando ideias pro outro e chegando a um resultado delicioso. Criar pratos é quase um remédio pra momentos estressantes. 

Quem ainda não se arrisca na cozinha, recomendo programas de tv a respeito. Há tantos bons hoje em dia! Gosto muito dos da Rita Lobo e do Claude Troisgros na GNT e do MasterChef na Band ou pelos vídeos dele no YouTube.

Ah, cozinhar é boa terapia pra vida!



You May Also Like

0 comentários

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.