Meio e meia - Como falar? Meio triste ou meia triste?

17.5.17 Talita Cavalcante 0 Comentários


Falar e escrever melhor depende apenas de nos importarmos em assim fazermos, aprendendo com observações e buscando por mais conhecimento. A fala é nossa mais direta apresentação e, por isso, precisamos querer melhorá-la sempre.

Um dos erros mais comuns que ouço, incluindo aqui pessoas que foram privilegiadas em seus estudos, é o tal do 'Estou meia decepcionada', 'meia triste', 'meia chateada'.

E esse erro ocorre só na boca de mulheres, vejam só o porquê:

Considere a frase: Estou meia triste.

Quem usa 'meia' em lugar de 'meio' nesses tipos de frases, faz isso pensando em combinar com seu gênero de mulher, feminino, mas isso não pode acontecer, pois dessa forma, é como se eu dissesse que estou 'meia', ou seja, 'metade' triste, 'metade alegre', dividindo-me ao meio. Como é que alguém pode estar meia cansada, por exemplo? Metade cansada e metade descansada? Isso não existe.

O correto, portanto, é: Estou meio triste. (Sendo o falante homem ou mulher).

Eu, Talita, fico meio decepcionada em ouvir esse erro de algumas pessoas de quem gosto.
Eu estou meio lenta hoje, fazendo as coisas tão devagar...

Meia é usado apenas para definir metades ou mesmo ao falarmos da meia que usamos nos pés, claro.

Onde podemos usar meia corretamente:
Uma dica: A palavra meia é usada corretamente quando, ao substituí-la por 'metade' faz sentido. 

A jarra está meia cheia = A jarra está metade cheia.
A menina comeu meia melancia = A menina comeu metade da melancia.


E a gente se lê por aqui...





0 comentários :

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.