Ideias para seu filho aprender a ler

by - 17.7.17


Sou adepta de nunca forçarmos aprendizados antes da hora.
Mas qual é a hora certa de uma criança aprender a ler?
A escola será responsável por isso e ninguém melhor que um professor para alfabetizar nossas crianças.
Porém, quando seu filho começar a mostrar interesse pelas palavrinhas dos livros e pela escrita, incentivá-lo a praticar conhecimentos a respeito é muito legal.

Nós os incentivamos a brincar de pular corda quando oferecemos a corda e nos empolgamos para que eles se empolguem também, não é verdade?

Nós os incentivamos a jogar xadrez ou mesmo 'Dama', quando oferecemos o tabuleiro e mostramos como são as regras do jogo, não é?

Para incentivarmos nossos pequenos de 3, 4, 5, 6 anos a ler, há muito que podemos fazer! Mas devemos oferecer os aprendizados em forma de brincadeiras, como momentos de alegria e diversão. Se for para empurrar regras e conhecimento com o objetivo único da criança aprender a ler o mais rápido possível, melhor deixar a cargo apenas da escola! Não devemos ter pressa nesses aprendizados. Não faz diferença alguma se seu filho começou a ler aos 3, 4, 5, 6 ou 7 anos! O importante mesmo é que façamos os dias das nossas crianças divertidos, com aprendizados que além de acrescentarem conhecimento também tragam junto motivações, criatividade, afeto e momentos divertidos.

Criança quer é se divertir e é possível que com as dicas abaixo, nossos filhos aprendam a ler e escrever brincando:

- Ao levar seu filho para a escola, vá brincando de cantar sílabas com ele: 'la, le, li, lo, lu'; 'ma, me, mi, mo, mu' etc... No carro ou à pé, essa é uma brincadeira que as crianças de 3, 4 e 5 anos adoram!
- Em casa, leia livros para seu filho e mostre as sílabas que ele já conhece em alguma ou outra palavrinha escrita em letras de forma maiúscula...
- Avance com sílabas como 'qua, que, qui, quo', 'lha, lhe, lhi, lho, lhu'; 'nha, nhe, nhi, nho, nhu' etc, à medida que ele for avançando...
- Cole as letras do alfabeto na porta do quarto do seu filho e gere conversas e brincadeiras divertidas para que ele olhe e assimile os desenhos das letras... Torne esses momentos de leitura do alfabeto mais divertidos, contando piadas ou histórias relativas às letras. Lembre os nomes de coleguinhas dele que comecem com algumas, etc.
- Depois que ele estiver bom nas sílabas, conhecendo o alfabeto, deixe que ele leia  sozinho palavras simples nos livros, como Pato, rato, bola, mola etc. Ele vai ficar muito contente com isso!
- Deixe sempre lápis e papel por perto para dar início a brincadeiras divertidas. Aqui em casa, usamos aquela lousa branca em que escrevemos com pincel, sabe? As crianças acham o máximo escrever nela, além de usá-la para brincadeiras como 'Forca'. Eles adoram essa! E devemos começar com palavras simples e avançar à medida que nosso filho começa a demonstrar mais destreza com a leitura...
- Comece a brincar de soletrar palavras com seu filho. Deixe-o dizer o próprio nome: S-A-M-U-E-L e avance para palavras que ele adora...
- Um aplicativo maravilhoso que rendeu ótimos momentos de aprendizados divertidos para meus filhos foi o 'Adivinhe a foto'. Além de ter que adivinhar a foto, a criança tem que escrever o nome da figura. E se ela ainda não sabe escrever, comece ditando as letrinhas para ela ir selecionando-as no joguinho. À medida que ela for se familiarizando com as sílabas, ela já vai conseguir escrever sozinha!

Essas são algumas ideias que usei com meus filhos e que sempre foram muito divertidas!

Meu pequeno de 4 anos (quase 5, viu?) gosta tanto dessas brincadeiras que acabou avançando rápido na leitura e agora vamos deixá-lo, de vez em quando, escolher e comprar um livro ele mesmo, para ler sozinho.

Regrinhas de som para o R no início das palavras, entre vogais, etc, já podem ser passadas para crianças que já conhecem bem as sílabas, assim como acentos agudos, circunflexos...

Eles adoram aprender, mas nessas idades tem que ser brincando, rindo, com todos se divertindo. Do contrário, não tem razão de ser!





You May Also Like

0 comentários

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz.