Como declarar nossa empregada doméstica no IMPOSTO DE RENDA - IRPF 2019 - passo a passo COM VALORES


Todo ano eu gosto de publicar o passo a passo da declaração do empregado doméstico aqui no blog pra ajudar a quem também não tem contador (é tão bom dar conta das nossas obrigações e saber fazer nós mesmos a declaração! E, o mais importante, de sermos corretos e justos com quem nos ajuda em casa no nosso dia a dia, cumprindo todas nossas obrigações - posso te orientar sobre todas elas no meu eBook abaixo).

Em meu eBook MANUAL PRÁTICO DO EMPREGADOR DOMÉSTICO (vendido pelo AMAZON aqui), há todo o passo a passo mais bem explicado, com motivos e dicas extras, como para quem tem um ou mais empregados domésticos que recebem salário com imposto de renda retido na fonte.

NESSE POST, dou apenas o passo a passo da declaração do empregado doméstico sem imposto de renda retido na fonte.

É POSSÍVEL QUE MUDE A QUESTÃO DA RESTITUIÇÃO DO INSS patronal nos próximos anos (já anunciado para deixar de acontecer em 2020), mas ainda temos direito a ela:

1 - LEMBRE-SE que se você tem mais de um empregado doméstico, só é permitido deduzir um empregado por declaração (por pessoa física). Pode-se declarar um empregado por pessoa física (considera-se empregador doméstico também a família daquele que assina a carteira de trabalho do empregado - bastando cadastrar no eSocial tanto a empregadora quanto seu esposo como empregadores - ou vice-versa).

2 - PARA FAZER A DECLARAÇÃO DO EMPREGADO EM SEU IRPF 2019 (para empregados que recebem um salário mínimo - modifique os valores proporcionais ao salário do seu empregado e lembre-se que o valor base para 2018 é de até R$28.559,70 - se você pagou mais que isso ao seu empregado, sua declaração é diferente e você tem a obrigação tributária da DIRF):

ANO BASE – 2018  - PASSO A PASSO

SIGA O PASSO A PASSO PARA A DECLARAÇÃO DO SEU EMPREGADO DOMÉSTICO QUE RECEBEU UM SALÁRIO MÍNIMO NO ANO DE 2018 (modifique os valores proporcionais a salário, tempo trabalhado, férias etc):

Pagamentos Efetuados
“Novo”
Dados do pagamento - “Código” = 50 (Contribuição Patronal Paga à Previdência Social pelo empregador doméstico)

Nome completo do seu empregado doméstico
CPF do seu empregado doméstico
NIT/PIS: número correto do seu empregado doméstico

Valor PAGO (todos os meses do ano trabalhado): 

8% de R$937,00 (dez/2017)
8% de 954,00 x [9 meses  (fevereiro a outubro 2017)]
8% de 954,00 x 3 (meses) + 
8% de 318,00 (1/3 de férias) = 

74,96 + 
686,88 + 
228,96 + 
25,44 

= R$ 1.016,24

Parcela não dedutível: DEIXAR EM BRANCO, pois a diferença é negativa.
(R$ 1.016,24R$1.200,32  = -184,08 )

SALVA

CLICA EM “NOVO” NA MESMA FICHA DE “PAGAMENTOS EFETUADOS”

“CÓDIGO” - 99 (Outros)
Nome do beneficiário: Nome completo do seu empregado doméstico
CPF do beneficiário CPF do seu empregado doméstico

Valor PAGO: 937 + 10.494 (11x o salário) + 954 + 318 = R$ 12.703,00

OK

OBSERVAÇÃO: 
Eu soube que há várias pessoas tendo problemas relacionados à declaração com o eSocial, portanto, mantenha sempre com você os comprovantes mensais de pagamento de todos os boletos ao banco!








Como declarar nossa empregada doméstica no IMPOSTO DE RENDA - IRPF 2019 - passo a passo COM VALORES Como declarar nossa empregada doméstica no IMPOSTO DE RENDA - IRPF 2019 - passo a passo COM VALORES Reviewed by Dona Perfeitinha on abril 06, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz. Temos o poder de escolha sobre as palavras que proferimos. Escolha ser gentil! Respondo mais rapidamente no canal do YouTube, porém, aos poucos, vou respondendo aqui. Veja se a informação que precisa já não está na postagem. Espero o melhor pra você! Meu objetivo aqui é te inspirar e me inspirar junto à troca que tivermos!

""Obrigada por visitar e compartilhar! Inscreva-se no YouTube!""

Tecnologia do Blogger.