Nada que um vento não faça desmanchar meus planos em tempo de aproveitar melhor meu tempo




Para certas manchas,
Certas crises,
Certas aventuras,
Faltará um vento...

Daqueles bem intensos,
Feito furacão,
Menos brisa.
Pois é preciso força

Para destroçar,
Desmanchar,
Refazer o tempo.
A tempo.

'Tempo de quê?'
Pergunta-me a brisa.
De alcançar o perfeito, digo-lhe.
'Ah, sim, aquele que só o tempo te presenteia'

'Mas sinto!
Sinto lhe dizer, querido.'
Diga, por fim, Brisa! Que és que sente?
'O perfeito é acabado.'

Sim, acabado, pronto!
Isto que quero, mande o tal vento!
'Certeza?
O vento há de vir com tudo.'

Tenho a certeza que quero o perfeito!
És mesmo possível?
'Sim, como já lhe disse, porém...'
Porém o quê, Brisa?

'Como já lhe disse...
O perfeito é acabado.
É o fim.
Entende?'

Agora me preocupo...
Sobre esse fim, o que significa?
'Fim. Final. The end. Perfeito por fim, acabado.
Mortinho, se preferes uma gíria apropriada.'

Cara Brisa, mas isso não quero.
Não quero esse fim.
Quero o perfeito antes do fim.
'Queres portanto o impossível'

Cancele o vento, Brisa.
Por fim aceito que o fim adio.
Tentarei aprender a curtir meu imperfeito
Ser perfectível, adiando, AO MÁXIMO, meu perfeito por fim.

Brisa, obrigado!



Nada que um vento não faça desmanchar meus planos em tempo de aproveitar melhor meu tempo Nada que um vento não faça desmanchar meus planos em tempo de aproveitar melhor meu tempo Reviewed by Dona Perfeitinha on junho 04, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz. Temos o poder de escolha sobre as palavras que proferimos. Escolha ser gentil! Respondo mais rapidamente no canal do YouTube, porém, aos poucos, vou respondendo aqui. Veja se a informação que precisa já não está na postagem. Espero o melhor pra você! Meu objetivo aqui é te inspirar e me inspirar junto à troca que tivermos!

""Obrigada por visitar e compartilhar! Inscreva-se no YouTube!""

Tecnologia do Blogger.