Sobre ser mãe ou pai e ter um celular


Não é de hoje que o celular tem sido assunto problemático nas famílias.
E, por mais que muita gente não queira assumir, a maioria que reclama do uso inapropriado que um filho faz do celular, faz o mesmo!
Ou pior!
Cenas e cenas rotineiras vêm me impressionando.
Hoje, foi a seguinte:
Eu dirigia. Acabara de deixar meus filhos na escola e seguia para casa para trabalhar.
Ao virar a esquina, presenciei um pai empurrando um carrinho engraçadinho com seu filho dentro na rua. Parei para ele atravessar. A escola era em frente.
Apesar de ter parado para ele, pensei: 'Por que ele não atravessa na faixa logo em frente?'
Quando olho para a faixa, um carro estava parado sobre ela.
Dentro, uma mulher ao celular.
Sobre a faixa de pedestres!!!! Onde não se pode nem mesmo 'parar' o carro.
Mas quem é que liga pra isso, certo?
Ainda mais sobre uma faixa em frente a uma escola!!!!!
Buzinei pra ela, porém, o celular não a permitiu sequer achar que a buzina era para ela.
Segui.
Para minha surpresa, olhando pelo retrovisor, avistei o tal pai da história entrar no carro dessa mulher!

Essa cena é bastante incômoda. É tipo aquela sensação de desespero que às vezes nos bate por morar num país tão violento!
E olha que havia vagas livres por toda aquela rua! Não há desculpas.
Isso não é um julgamento. É uma reflexão para nosso crescimento.

Se uma mãe é capaz de parar sobre uma faixa de pedestres em frente à própria escola do seu filho e um pai prefere atravessar com ele na rua do que sobre uma faixa, tem coisas muito erradas acontecendo!

A faixa é símbolo de proteção à vida!
E se eu ignoro isso para meu próprio filho, o que dirá sobre a vida de outra pessoa, de outra criança?

Inconscientemente, a valorização da vida está sendo deixada de lado por muitos.

Pegar no celular enquanto se dirige é outro exemplo assustador da falta de valorização das vidas de dentro e de fora do carro. Sua própria vida, inclusive!

A moça não estava errada em aproveitar seu tempo sozinha para olhar no celular, mas que estivesse parada à frente de uma garagem, muito melhor. Sobre a faixa, nunca! Isso é negar proteção ao próprio filho.

Realmente não entendo cabeças como essas.
E o celular como prioridade, acima de qualquer valor.
Acima do valor da vida.
Os celulares estão tomando o primeiro lugar,
Antes dos filhos,
Antes dos cônjuges,
Antes de si mesmos.

Depois dos celulares,
Parece que muitos poucos ainda têm tempo para refletir,
Sobre suas ações,
Sobre seus relacionamentos,
Sobre suas vidas...

Uma pena.
Celulares são ótimos auxiliares pra quem gosta de refletir e aprender,
Mas são um destruidor de vidas para todos os demais.


Sobre ser mãe ou pai e ter um celular Sobre ser mãe ou pai e ter um celular Reviewed by Dona Perfeitinha on setembro 24, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

"As redes de pescar palavras são feitas de palavras." Otávio Paz. Temos o poder de escolha sobre as palavras que proferimos. Escolha ser gentil! Respondo mais rapidamente no canal do YouTube, porém, aos poucos, vou respondendo aqui. Veja se a informação que precisa já não está na postagem. Espero o melhor pra você! Meu objetivo aqui é te inspirar e me inspirar junto à troca que tivermos!

""Obrigada por visitar e compartilhar! Inscreva-se no YouTube!""

Tecnologia do Blogger.