DICAS

ALIADOS DA CASA

REFLEXÕES

Virei a página do Instagram

by - abril 13, 2020



Sabe quando você descobre que está fazendo coisas que não gosta tanto assim, mas acha que é preciso?
Já ouvi falar de mulheres que odiavam cozinhar, mas cozinharam por anos corridos todos os dias porque tinham receio de que seus maridos e filhos passassem fome.
Temos total responsabilidade sobre as escolhas que fazemos na vida.
E continuar fazendo coisas que nos fazem conviver com sentimentos ruins não é bem uma boa escolha, não acha?

Escolher cozinhar para quem amamos, mesmo não gostando, pode ser uma opção desde que eu seja FELIZ com essa escolha. Caso essa atividade só me deixe infeliz, precisamos mudar nossa escolha!

Sei de um caso assim: a mãe resolveu parar de cozinhar todos os dias para sua família. Conversou com eles e todos se sentiram aliviados. Os filhos e o marido odiavam vê-la fazendo as coisas reclamando. A vida de todos mudou. Todos aprenderam a cozinhar e quando a mãe cozinhava, agora ela fazia feliz!

Na vida, precisamos priorizar estar feliz no que quer que escolhamos fazer! E mudar nossas ações é preciso, caso não estejamos alcançando esse objetivo.

O que isso tem a ver com o Instagram?

Conto:

Com o trabalho no blog, me senti obrigada a criar uma conta no Instagram quando esse surgiu. Demorei, mas criei. Tenho quase 2.000 postagens por lá. Amei escrevê-las, mas sempre houve um incômodo: uma vez na time line nunca mais lembrada! Não há como a pessoa procurar por uma postagem minha que possa tirar-lhe a dúvida que tem. O passado não existe no Instagram e tudo é uma competição de quem gasta mais tempo dentro do aplicativo HOJE. Isso tudo nunca combinou comigo. Eu até fiz lives lindas por lá, mas nem salvar as lives, o instagram me permitia. Passei a gravar a tela pra conseguir levar o vídeo pro meu canal do youtube, eternizando aquele momento com uma pessoa especial. 
Gosto de eternizar bons momentos. Isso me faz diferente do perfil da maioria dos instagramers.
Tenho gratidão pelos aprendizados que tive com esse APP, das conversas próximas que troquei com leitores, mas tive que me lembrar que o Instagram estava me tirando muito tempo de trabalho naquilo que eu realmente curtia: escrever (meus eBooks estão à venda na Amazon!) e roteirizar, gravar e editar pro YouTube que é meu trabalho principal hoje.

No passado, fiquei 1 ano sem usar o Instagram e foi um ano maravilhoso! Muito produtivo, muito REAL. Acho que preciso disso de novo, rs. Tentei levar o Instagram a sério, vê-lo como trabalho e postar todos os dias esse ano e isso funcionou pra eu alavancar meus inscritos, mas não minha alegria com aquilo. Não gostei de estar num restaurante com a família e amigos e ter que pegar no celular para postar. E isso acontecia muito, mesmo nas férias porque 'trabalho é trabalho', eu gostava de me lembrar. Mas meu trabalho ideal não me exige estar ausente mesmo ao lado da minha família. Gosto de viver o olho no olho, gosto de separar trabalho e vida pessoal. Há muito tempo eu me incomodo eu pensar: tenho que publicar algo pros amigos virtuais. Gosto de dividir o que faz bem pra mim, o que funciona pra minha casa, o que soluciona algo na minha vida, mas farei melhor isso agora, novamente aqui no blog (pois sou das antigas, fiz aulas de datilografia e prefiro o teclado do note que o do celular!) e transformarei para melhor meus vídeos do YouTube, pois agora a energia gasta com o Insta será investida por lá!

Com essa pandemia e a consequente quarentena que pra mim já dura um mês, muito mais venho aprendendo sobre mim, sobre querer respeitar meus principais valores... Sou mais feliz tendo atenção plena ao momento do sol apontando no horizonte, ao momento em que estou cozinhando, ao momento que estou conversando, ao momento em que estou maternando, ao momento em que estou amando olhar nos olhos do meu marido. Não quero mais 'ter que registrar' alguns desses momentos. Mesmo que seja uma foto para o álbum da família. Nunca fui de registrar a maioria dos momentos bons que sou grata por serem muitos e muitos num único dia. Fico imaginando se fosse dessas de parar pra tirar foto de tudo que me faz bem... a foto quebra o clima, põe um fim quando minha maior vontade é que perdure, dure ao máximo...

O Instagram fica no ar pro futuro em caso de algo precisar mudar de novo, mas por enquanto escolho: escrever todos os dias em meu blog e aumentar a frequências de vídeo no YouTube, onde eu te espero, ok?




You May Also Like

0 comentários

Temos o poder de escolher fazer com amor, todo dia! Por favor, entre em contato comigo através do canal YouTube.com/donaperfeitinha ou através do Instagram @talitadonaperfeitinha

Experimente o Canva Pro

Pesquisar neste blog